Pixel 2, Pixelbook e Home Mini: os gadgets que o Google deverá revelar em outubro

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 2 anos

O Google marcou um evento para o dia 4 de outubro, quando deveremos conhecer a segunda geração do smartphone Pixel. Mas os produtos resolveram aparecer duas semanas antes da hora no Droid-Life: além do celular, a expectativa é que a empresa apresente um Chromebook com caneta, uma versão menor do Home e uma atualização do headset Daydream View.

Pixel 2 e Pixel 2 XL

Primeiro, vamos ao Pixel 2, que será fabricado pela HTC. Segundo o veículo, além das cores preta e branca, haverá uma azul, chamada Kinda Blue (o Google é bem engraçadinho com os nomes). A versão de 64 GB será vendida nos Estados Unidos por US$ 649, enquanto a de 128 GB sai por US$ 749.

O Pixel 2 XL, por sua vez, está nas mãos da LG. Ele se parece com o irmão menor na traseira, com um leitor de impressões digitais e duas cores no mesmo aparelho — existe até uma versão preta e branca. Os valores sobem 200 dólares, para US$ 849 (64 GB) e US$ 949 (128 GB).

As especificações de hardware não foram divulgadas. Rumores apontam que o Pixel 2 terá painel de 5 polegadas (1080p), processador Snapdragon 835 e 4 GB de RAM, deixando de lado a entrada para fone de ouvido (boo!). Enquanto isso, o Pixel 2 XL viria com tela OLED de 6 polegadas (2880×1440 pixels) e seria apertável nas bordas, mas teria o mesmo conjunto de processamento e RAM.

Pixelbook

Parece que o Google gostou do nome “Pixel” como marca e resolveu adotar o termo nos notebooks. O Pixelbook é uma evolução do Chromebook Pixel, que também era uma máquina voltada para o segmento de alto custo.

No caso do Pixelbook, estamos falando de um laptop híbrido, que se dobra para virar um tablet. Uma caneta, chamada Pixelbook Pen, deverá ser vendida por US$ 99, é sensível a pressão e promete não ter latência. O Pixelbook menos caro, com 128 GB de armazenamento, sai por US$ 1.199, seguido pelas versões de 256 GB (US$ 1.399) e 512 GB (US$ 1.749!).

Home Mini e Daydream View

O Google Home é um alto-falante com Google Assistente, então você já sabe o que esperar do Home Mini: uma versão menor, mais barata (US$ 49, contra US$ 129 do modelo original) e toda colorida. Eu poderia descrever melhor o gadget, mas prefiro deixar a explicação do Droid-Life: “parece muito com um Google Home que foi prensado ou sentado em cima”.

Por fim, o Daydream View deverá ganhar uma atualização. O headset de realidade virtual está com um visual discreto (a primeira geração tinha uma mescla de cores mais chamativa) e agora parece ser feito de nylon. E o preço deve acompanhar a evolução: por US$ 99, será 20 dólares mais caro que o antecessor.

Saberemos todos os detalhes oficiais no dia 4 de outubro.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Relacionados