BlackFly é o mais novo veículo voador apoiado por Larry Page

Criado pela Opener, o BlackFly consegue realizar viagens de até 40 quilômetros

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos
BlackFly é o novo veículo voador apoiado por Larry Page

Larry Page, cofundador do Google, está bastante envolvido com projetos de transporte aéreo. Depois de apoiar a Kitty Hawk no desenvolvimento do táxi aéreo Cora, o executivo também está envolvido no projeto do veículo voador BlackFly.

Desenvolvido pela canadense Opener, ele comporta uma pessoa e consegue fazer viagens de até 40 quilômetros de distância a uma velocidade de quase 100 km/h. O veículo se movimenta com a ajuda de um joystick e não exige licença para o piloto nos Estados Unidos.

Apesar disso, será preciso passar por um treinamento antes de usar o BlackFly. “Segurança tem sido o objetivo que tem nos conduzido no desenvolvimento dessa nova tecnologia”, diz o CEO da Opener, Marcus Leng.

A empresa afirma que realizou testes do BlackFly nos últimos nove anos. Nesse período, foram realizados mais de mil voos, totalizando 160 mil quilômetros percorridos. A versão final conta com oito sistemas de propulsão distribuídos nas asas dianteira e traseira para que ele continue funcionando caso um dos sistemas falhe.

O veículo utiliza energia elétrica e pode ser recarregado por completo em menos de 30 minutos. Ele foi desenvolvido para decolar de espaços gramados, mas também consegue iniciar um voo a partir da água.

Ainda não há informações sobre quanto o BlackFly custará, mas segundo a BBC, será comparável ao preço de um SUV. “Vamos oferecer preços competitivos em um esforço para democratizar o transporte pessoal tridimensional”, explica Leng.

Com informações: Engadget.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Relacionados