Início / Notícias / Celular /

Microsoft Wallet chega ao fim após fracasso do Windows Phone

Microsoft Wallet foi lançado como uma espécie de carteira digital para o Windows 10 Mobile; fim da plataforma fez serviço perder sentido

Por

O Microsoft Wallet nunca teve um número grande de usuários e, agora, sabe-se que não terá a chance de ter: a Microsoft atualizou a página oficial do serviço para dizer que ele vai ser descontinuado em 28 de fevereiro de 2019. Essa é uma consequência da morte do ecossistema do Windows Phone.

Microsoft Wallet

Na semana passada, a companhia revelou que o suporte ao Windows 10 Mobile será mantido só até o fim do ano. A própria Microsoft recomenda que os usuários migrem para algum iPhone ou smartphones baseados no Android.

A plataforma móvel de pagamentos da Microsoft foi anunciada em 2015 e lançada no ano seguinte com a promessa de ser para o Windows 10 Mobile o que o Apple Pay é para o iPhone, por exemplo. O Microsoft Wallet foi idealizado para ter integração com os recursos de segurança do Windows Hello e, claro, permitir pagamentos por aproximação do smartphone.

Os planos eram audaciosos. A Microsoft fechou parcerias com as bandeiras Mastercard e Visa, bem como com diversos bancos, entre eles, Bank of America, First Financial e American Federal.

Note que os bancos parceiros são todos oriundos dos Estados Unidos. A razão disso é que o Microsoft Wallet praticamente só funcionou por lá. Além disso, o serviço só era compatível com alguns poucos aparelhos baseados no Windows 10 Mobile.

Esses fatores, quando combinados com o declínio do sistema operacional, deixam claro que o serviço dificilmente se tornaria uma plataforma móvel de pagamentos tão relevante quanto o Google Pay ou o Apple Pay. É por isso que a descontinuidade do Microsoft Wallet não surpreende.

Foto por Isriya Paireepairit/Flickr

Lumia 950 foi um dos poucos smartphones compatíveis

Não surpreende, mas também não passa despercebida: se o iminente fim do suporte ao Windows 10 Mobile praticamente matou os rumores de que a Microsoft estaria trabalhando em um Surface Phone ou algo do tipo, o fim do Wallet surge como mais um prego no caixão.

De todo modo, os burburinhos mais recentes indicam que a Microsoft tem trabalhado em um tablet dobrável chamado Surface Andromeda. Talvez — e apenas talvez — tenhamos alguma informação sobre esse dispositivo no MWC 2019.

Vale destacar que a decisão não afeta o Microsoft Pay: essa é uma plataforma de pagamentos mais abrangente e que se integra, por exemplo, ao Outlook e ao Edge (enquanto o Wallet não passa de uma carteira digital).

Com informações: Windows Central.