Início / Notícias / Celular /

Polícia derruba rede criminosa de IPTV pirata e encontra 10 suspeitos

Autoridades da Alemanha identificaram 10 suspeitos em rede de IPTV pirata, que podem ser condenados por fraude comercial

Lucas Braga

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A pirataria de TV por assinatura é crescente, e diversos órgãos lutam para conter os avanços do serviço ilegal. A polícia alemã fez uma operação que identificou um local que fazia a distribuição irregular de canais via IPTV e apreendeu equipamentos.

TV e controle remoto (Imagem: Glenn Carstens-Peters / Unsplash)
Polícia alemã derruba rede de IPTV ilegal (Imagem: Glenn Carstens-Peters / Unsplash)

As autoridades conseguiram identificar 10 suspeitos envolvidos com a transmissão pirata de IPTV. Nenhum deles foi preso, mas a investigação da polícia aponta para o envolvimento com transmissões de canais pagos da operadora europeia Sky (que não tem relação com a Sky do Brasil).

Se condenados, os envolvidos poderão enfrentar uma pena de seis meses a 10 anos por fraude comercial. Os usuários dos serviços também podem ser enquadrados pela legislação alemã, uma vez que a polícia também investiga as conexões ao serviço pirata de IPTV.

Em setembro, a polícia alemã já havia apreendido 60 decodificadores de TV paga, 20 cartões de acesso (smart cards) e diversos computadores e equipamentos de rede. Em outra operação, as autoridades também recolheram cerca de 70 dispositivos incluindo receptores de TV, computadores, HDs e celulares.

Brasil também luta contra pirataria de TV

As autoridades europeias não são as únicas a combaterem o IPTV ilegal. No Brasil, órgãos do governo e do setor audiovisual têm lutado contra a gato net.

Através do Plano de Ação de Combate à Pirataria (PACP), Anatel, Receita Federal e departamentos de polícia já apreenderam mais de 800 mil TV Box sem homologação ou com software embarcado para desbloqueio de canais.

O IPTV tem avançado no Brasil o mesmo tempo em que o serviço de TV por assinatura têm perdido milhões de assinantes a cada ano. Mais de 100 modelos de TV Box piratas já estão na mira da Anatel, incluindo modelos da AzAmerica, BTV, HTV, Red Play e My TV Box.