Anatel

Sobre

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) é a organização criada em 1997 que regula e fiscaliza o setor de telecomunicações no Brasil. É também responsável por emitir a concessão de novas frequências de celulares e rádios, além de aplicar sanções para empresas que não cumprem as normas. Antes de serem vendidos no Brasil, todos os novos modelos de celulares, tablets, roteadores, modems 3G e afins precisam passar por certificação da Anatel.

Anatel nega intervenção na Oi após mau desempenho financeiro

16/08 às 14h18 por

Uma matéria publicada pelo Estado de S. Paulo afirma que a situação da Oi preocupa autoridades do governo federal: o jornal aponta o receio de que regiões do país fiquem sem o serviço de telefonia fixa prestados pela companhia no próximo ano, e diz que a Anatel seria obrigada a intervir na operadora. A agência nega cogitar isso, pois prefere uma "solução de mercado".

O que significa homologado pela Anatel?

16/08 às 13h26 por

Você já deve ter visto notícias informando que smartphones ou outros aparelhos eletrônicos desejados foram homologados pela Anatel. Para começar a explicar o que quer dizer homologação, vamos entender primeiro quem é a agência. A Anatel é a Agência Nacional de Telecomunicações, responsável pela regulação do setor no Brasil. O que é código IMEI? Como desco

Samsung Galaxy Fold é homologado pela Anatel com melhorias na tela dobrável

09/08 às 12h27 por

A Samsung atualizou o Galaxy Fold para tornar a tela dobrável mais resistente e evitar que detritos entrem na dobradiça: essa nova versão do celular foi homologada pela Anatel, e sua venda está autorizada no Brasil. O smartphone virá com os fones de ouvido Galaxy Buds na caixa. Ele deve custar US‎$ 1.980 nos EUA, equivalente a R$ 7,8 mil; qual será o preço por aqui? [Hands-on] Samsung Galaxy Note 10 e 10+: uma olhada de perto

“Ultra banda larga” cresce 75% em um ano e conexões lentas diminuem, diz Anatel

07/08 às 18h38 por

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) divulgou os números referentes ao serviço de banda larga e telefonia fixa de junho de 2019: as conexões acima de 34 Mb/s, consideradas como "ultra banda larga" pela agência, cresceram 75% em doze meses; enquanto isso, o número de acesso em velocidades de até 500 kb/s caiu pela metade. Além disso, foram encerradas mais de 3 milhões de linhas fixas no último ano. Pré-pago perde 18 milhões d

Nextel pode ficar sem dinheiro em 2020 se venda para Claro não for aprovada

06/08 às 16h47 por

A NII Holdings, dona da Nextel Brasil, divulgou seu balanço financeiro do segundo trimestre de 2019 e continua no vermelho: a operadora teve prejuízo líquido de US$ 12,15 milhões e diz que, se a venda para a Claro não for concluída até o final do ano, ela não terá dinheiro para continuar operando em 2020. A aquisição precisa ser aprovada pela Anatel e pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Pré-pago perde 18 milhões de linhas em um ano e pós-pago cresce, diz Anatel

06/08 às 13h08 por

A Anatel divulgou os números do Serviço Móvel Pessoal para junho de 2019: o número de linhas no pré-pago diminuiu em 18 milhões no último ano; enquanto isso, o pós-pago registrou aumento de mais de 11 milhões de linhas no mesmo período. No geral, as quatro grandes operadoras — Vivo, Claro, TIM e Oi — perderam linhas nos últimos 12 meses, enquanto Nextel e Datora cresceram. Governo quer mudar lei de TV paga e acabar com disputa Anatel vs.

Governo quer mudar lei de TV paga e acabar com disputa Anatel vs. Fox

05/08 às 18h42 por

O setor de TV por assinatura tem gerado bastante debate nos últimos dias por conta do embate entre a Anatel e Fox, e a equipe econômica do governo sinalizou intenção de alterar a lei do SeAC (serviço de acesso condicionado): a ideia é permitir que as operadoras possam produzir conteúdo e ser donas de canais de TV paga. NET e Claro deverão cessar propaganda enganosa em internet “fibra” após limi

Anatel homologa Moto E6 e Huawei Y9 Prime 2019 com câmera retrátil

02/08 às 17h41 por

A Anatel homologou mais uma leva de celulares para venda no Brasil: temos o Moto E6, novo smartphone básico da Motorola; e o Huawei Y9 Prime 2019 com traseira colorida, câmera frontal retrátil, bateria de 4.000 mAh e tela enorme de 6,59 polegadas sem notch. A agência também certificou o Samsung Galaxy Note 10 e Note 10+. Motorola tem lucro trimestral a

Galaxy Note 10 e 10+ são homologados pela Anatel com carregador de 25 W

02/08 às 16h27 por

Pouco antes de seu lançamento oficial, o Galaxy Note 10 e Galaxy Note 10+ foram homologados pela Anatel: os celulares receberam autorização para serem vendidos no Brasil, sendo acompanhados por um carregador de 25 W para a bateria, caneta S Pen com Bluetooth, fone de ouvido e capa plástica. Os dois aparelhos serão anunciados pela Samsung na próxima quarta-feira (7). Galaxy Note 10 não terá entrada para fone e virá com adaptador US

Leilão do 5G deve atrasar devido a interferência de sinal, diz Anatel

02/08 às 10h25 por

A Anatel previa que o primeiro leilão do 5G no Brasil seria realizado em março de 2020, mas acredita que não poderá mais cumprir esse prazo: a frequência de 3,5 GHz que seria usada nas redes de quinta geração causa interferência no sinal da TV aberta transmitida por antenas parabólicas, muito comuns em zonas rurais. A agência ainda avalia como resolverá isso com as operadoras, emissoras e fabricantes de equipamentos. Appl

Recadastramento de celular pré-pago chega a mais 9 estados e DF

31/07 às 09h58 por

A atualização cadastral de celulares pré-pagos começou em abril apenas para números do DDD 62. A partir desta quarta-feira (31), inicia-se a segunda etapa do processo em 10 estados: Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rondônia, Tocantins e Santa Catarina. A medida chega após a Anatel mudar as regras do cadastramento de telefones móveis. TIM libera recarga de cré

Anatel perde recurso e Fox pode continuar vendendo canais na internet

30/07 às 17h13 por

A Anatel perdeu o recurso que pedia a suspensão de uma liminar liberando a venda direta de canais da Fox pela internet. É a segunda vez que a Justiça libera a empresa para vender seu serviço de forma independente, sem a necessidade de envolver operadoras de TV por assinatura. Para a agência de telecomunicações, isso viola uma lei que proíbe distribuidoras de fazer seu próprio conteúdo. 8 apps de streaming esportivo para assistir jogos

Carregar mais posts