Correios

Correios pedem 15 dias para normalizar entregas após paralisação dos caminhoneiros

01/06 às 15h56 por

Com o reabastecimento de postos de combustível e a liberação de estradas, as empresas trabalham para voltar ao ritmo convencional de suas atividades. Os Correios, por exemplo, dizem que levarão 15 dias para regularizar suas operações e retomar as entregas. A estatal diz que, desde o início da paralisação dos caminhoneiros, o volume de entregas caiu pela metade. O principal motivo está no fato de seus veículos não terem conseguido realizar as viagens por conta de bloqueios em rodovias ou da falta de combustível.

Correios suspendem entregas do Sedex por conta de paralisação de caminhoneiros

23/05 às 12h00 por

A paralisação dos caminhoneiros pelo Brasil já dura três dias e começa a afetar a realização de alguns serviços. Os Correios decidiram interromper temporariamente os envios com dia e hora marcados, isto é, Sedex 10, 12 e Hoje. Em nota, a estatal afirmou que o protesto "tem gerado forte impacto às operações" e prejudicado toda a logística brasileira. Além da suspensão, o prazo de entrega do Sedex "padrão", do PAC e de correspondências será estendido em 5 dias úteis.

Correios explicam prazo de entrega de encomendas internacionais

15/05 às 10h08 por

Nem todo mundo entende o processo de entrega de uma encomenda internacional: existe a incerteza da tributação pela Receita Federal, o buraco negro de Curitiba e a confusão no rastreamento de alguns pacotes. Por isso, os Correios publicaram vídeos explicando os prazos de entrega e as diversas modalidades de importação disponíveis na estatal. São dois vídeos. O primeiro é volta

Justiça obriga Correios a limitar reajuste de frete para lojas online

26/04 às 10h05 por

Os Correios se envolveram em uma polêmica há algumas semanas, quando anunciaram um reajuste para o frete de encomendas dentro do Brasil. O aumento foi, em média, de 8% — mas chegava a 51% em algumas situações. A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), que representa 7 mil empresas — na sua maioria lojas virtuais pequenas e médias — entrou na Justiça contra o aumento, e conseguiu uma decisão favorável.

Correios querem lançar serviços financeiros digitais

28/03 às 10h58 por

Depois de lançarem uma operadora de celular, os Correios querem entrar no mercado de serviços financeiros na internet. De acordo com o Teletime, a Surf Telecom, empresa que administra o Correios Celular, obteve autorização do Banco Central para ter até R$ 500 milhões sob custódia. Ainda não h

Correios derrubam liminar e Mercado Livre aumenta preços de fretes

15/03 às 16h23 por

A liminar que o Mercado Livre obteve na justiça para suspender o aumento no frete de encomendas transportadas pelos Correios só durou uma semana. Nesta quinta-feira (15), o e-commerce reajustou a tabela de tarifas de envio após ter a liminar derrubada pela estatal. O Mercado Livre alegava que os Correios alteraram o contrato unilateralmente, reajustaram os custos de frete acima da inflação e poderiam ocasionar dano aos negócios de e-commerce. A empresa chegou a

Correios querem acabar com manobra de lojas chinesas que oferecem frete grátis

13/03 às 09h38 por

Lojas chinesas que enviam produtos ao Brasil com frete grátis ou praticando valores muito baixos poderão ter que mudar suas estratégias ainda em 2018. É que os Correios trabalham para acabar com uma gambiarra que permite essa prática. Segundo a estatal, a manobra utilizada pelos fornecedores da China gera perdas de R$ 1 bilhão por ano aos cofres públicos. Em entrevista ao Valor, os Correios afirmam que as lojas chinesas enviam produtos por meio de serviços postais mais baratos, que n

Vendedores do Mercado Livre enfrentam problemas para postar encomendas nos Correios

12/03 às 16h20 por

A briga entre Correios e Mercado Livre ganhou mais um episódio. Desde a manhã desta segunda-feira (12), vendedores da plataforma relatam que não estão conseguindo postar suas encomendas nas agências da estatal. A informação de funcionários dos Correios é a de que o sistema de PLP (pré-lista de postagem), necessário para envios do Mercado Livre, está fora do ar. As empresas se enfrentam na justiça desde que os Correios anunciaram um reajuste nos serviços postais, bem como uma cobrança extra de R$ 3 para entregas a clientes no Rio de Janeiro. O Mercado Livre

Os melhores apps para rastrear encomendas internacionais

06/03 às 14h43 por

Rastrear as encomendas que você compra é um bom jeito de saber em qual etapa elas estão até chegar na sua casa e aumentar o sofrimento por ver que elas ainda estão no buraco negro de Curitiba — principalmente se você compra de sites como Gearbest ou AliExpress. Mas qual exatamente é o melhor aplicativo para te ajudar nessa tarefa? Testamos diversos apps que funcionam com diferentes empresas

Mercado Livre consegue liminar contra aumento no frete dos Correios

06/03 às 10h34 por

Uma liminar concedida ao Mercado Livre suspendeu, ao menos temporariamente, o aumento no frete de encomendas enviadas pelos Correios. O e-commerce chegou a organizar uma campanha contra o reajuste, afirmando que o aumento poderia chegar a 51% para compras e vendas realizadas pela internet. A liminar vale apenas para o Mercado Livre, suspendendo tanto os reajustes nos serviços de PAC e Sedex quanto a cobrança extra de R$ 3 para entrega a clientes na cidade do Rio de Janeiro. A taxa adicional para

Correios aumentam frete e compras online podem ficar mais caras

28/02 às 10h03 por

Enviar encomendas pelos Correios ficará mais caro a partir de 6 de março. A estatal anunciou um reajuste de 8% em média para objetos postados entre capitais e nos âmbitos local e estadual. Os Correios dizem que este aumento é previsto em contrato, e baseado em custos como "gastos com transporte, pagamento de pessoal, aluguéis de imóveis, combustível, contratação de recursos para segurança, entre outros".

Carregar mais posts