Veek, operadora de celular com internet grátis, atinge mais de 4 mil cidades

Veek utiliza rede da TIM e está disponível em 15 estados brasileiros; operadora virtual dá plano de celular grátis em troca de exibição de anúncios

Lucas Braga
Por

A Veek é uma operadora virtual bem diferente do que estamos acostumados: em troca da exibição de anúncios ela dá um plano de celular grátis com internet móvel e chamadas de voz. Sua atuação era limitada a alguns DDDs das regiões Sul e Sudeste, mas a tele expandiu o serviço para estados do Nordeste e Centro-Oeste.

Aplicativo e chip da Veek
Para usar serviços de celular de graça, clientes precisam assistir publicidade no app da Veek (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Com a expansão, a Veek alcança 15 estados brasileiros mais o Distrito Federal, totalizando 4.100 cidades brasileiras aptas para contratação. Veja a área de atuação:

DDDs com operação da VeekEstados
11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18 e 19São Paulo
21, 22, 24, 27 e 28Rio de Janeiro
Espírito Santo
31, 32, 33, 35, 37, 38 e 39Minas Gerais
41, 42, 43, 44, 45, 46, 47, 48 e 49Paraná
Santa Catarina
51, 53, 54 e 55Rio Grande do Sul
61, 62, 64 e 65Distrito Federal
Goiás
Mato Grosso
71, 73, 74, 75, 77 e 79Bahia
Sergipe
84 e 88Rio Grande do Norte
Ceará
92, 97, 98 e 99Amazonas
Maranhão

A Veek utiliza a infraestrutura da operadora Americanet, que depende das antenas da TIM. Apesar da atuação restrita aos DDDs da tabela acima, a cobertura do serviço é nacional e o celular vai funcionar em qualquer lugar do território brasileiro com sinal da TIM.

Veek tem plano grátis e opções pagas

A Veek tem duas modalidades de planos. A mais interessante delas é a Freemium, e o cliente deve assistir um anúncio publicitário para usar o celular. Cada check-in deve ser feito no app para Android ou iOS e garante uma hora ininterrupta de serviço. Com o saldo liberado, o cliente pode fazer ligações ilimitadas e usar até 1 GB de internet por mês.

Nos momentos em que o check-in não está vigente – ou seja, depois do período de 1h após a exibição da publicidade – o cliente consegue apenas receber ligações e SMS. Para manter a linha ativa, a Veek demanda que o usuário assista pelo menos uma publicidade por dia.

Quem não quer perder tempo com propaganda ou esgotou a internet do plano gratuito pode optar pelo plano Premium, que não demanda exibição de anúncios para o funcionamento da linha móvel. As recargas seguem o modelo pré-pago, com duração de 30 dias:

Pacote de internetPreço da recarga
2 GBR$ 25
4 GBR$ 35
8 GBR$ 50
16 GBR$ 90

A parte interessante é que toda a internet não utilizada acumula para o mês seguinte. Se o cliente contratou uma recarga e sobrou 4G após o vencimento, poderá continuar usando o pacote no modelo Freemium, com check-in e exibição de publicidade.

Se for comparar o custo por gigabyte com as demais teles, o preço da Veek não é atrativo, especialmente considerando que ela não dá WhatsApp ilimitado. A própria TIM oferece um plano pré-pago com até 13 GB de internet com custo mensal de R$ 30, e esse valor nem paga 4 GB da operadora virtual.

Como ser cliente da Veek

Operadoras tradicionais como Claro, TIM, Oi e Vivo vendem seus chips por algo em torno de R$ 10 em locais como bancas de jornais, padarias e farmácias.

No caso da Veek, a comercialização é diferente: a operadora cobra R$ 45 pelo chip (e diz ser um valor promocional por tempo limitado, com preço cheio de R$ 120) com venda exclusiva pela internet.

É possível fazer o processo de portabilidade no momento da ativação da linha, útil para quem quer migrar para a Veek e manter o mesmo número utilizado em outra operadora.

Claro e TIM dão 4G grátis em troca de publicidade

A Veek não é a única operadora a seguir um modelo de negócios baseado em publicidade.

A TIM tem o TIM Fun, um programa de recompensas para clientes com plano pré-pago. O cliente que tiver o app instalado no smartphone Android consegue ganhar moedas através de exibição de anúncios e cumprimento de missões; esse saldo pode ser trocado em pacote de internet.

Já a Claro tem o Prezão Free, um plano pouco divulgado pela operadora que segue os mesmos moldes do TIM Fun: o cliente assiste publicidade, ganha moedas e pode trocar por créditos para usar internet, fazer ligações e enviar SMS. O app só está disponível para Android.