AMD tenta esconder crítica a placas de vídeo de 4 GB após lançar Radeon de 4 GB

AMD morde a língua ao lançar a Radeon RX 6500 XT com 4 GB, dois anos após falar que placas de vídeo de 4 GB eram insuficientes para rodar jogos modernos

Murilo Tunholi
Por

Apesar de ter falado em 2020 que placas de vídeo com 4 GB de VRAM eram insuficientes para rodar jogos modernos, a AMD anunciou a nova RX 6500 XT na CES 2022, com exatos 4 GB de RAM. Para não ser taxada como hipócrita, a fabricante tentou remover o post do seu site oficial em que criticava as GPUs mais fracas. A publicação, porém, apareceu novamente, e usuários caíram em cima nas redes sociais.

Radeon RX 6500 XT tem apenas 4 GB de VRAM (Imagem: Divulgação/AMD)

No post de 2020, a AMD mostrava como a RX 5500 XT de 8 GB tinha desempenho até 97% superior em relação às placas de vídeo de 4 GB ao rodar jogos em 1080p. Quando foi lançada, a GPU custava US$ 199 (cerca de R$ 1.081 em conversão direta) e tinha desempenho melhor que uma GeForce GTX 1650 Super, mas pior que uma GeForce GTX 1660, da Nvidia.

“A AMD está liderando o setor ao fornecer soluções gráficas de alta VRAM aos jogadores em todas as linhas de produtos. Produtos concorrentes a um preço semelhante estão oferecendo até um máximo de 4 GB de VRAM, o que evidentemente não é suficiente par os jogos de hoje”, afirmou a AMD na publicação de dois anos atrás.

AMD mostrava que placas de vídeo com 8 GB de VRAM eram superiores às GPUs de 4 GB (Imagem: Divulgação/AMD)

AMD mordeu a própria língua com a RX 6500 XT

Agora, em 2022, a fabricante lançou a RX 6500 XT, que também custa US$ 199 e busca atender ao mesmo público alvo da RX 5500 XT. No entanto, a GPU não tem opção de 8 GB de VRAM, ficando limitada aos 4 GB tão criticados pela própria AMD. O mundo não dá voltas, ele capota.

Segundo a vice-presidente da AMD, Laura Smith, a escolha de colocar somente 4 GB de VRAM na RX 6500 XT foi proposital. A ideia era evitar que mineradores de criptomoedas e cambistas visassem a GPU para garantir que todos os interessados em comprar a placa conseguissem achá-la no mercado pelo preço sugerido.

Além de ter menos VRAM, a RX 6500 XT é construída na antiga interface 64-bit em vez da mais moderna de 128-bit. Apesar dessas limitações, Smith garantiu que a GPU entregaria desempenho suficiente em jogos, pois teria velocidade de clock maior e “um tamanho ótimo de frame buffer para a maioria dos jogos de grande orçamento”.

RX 6500 XT parece ser péssima em todos os sentidos

Pelo o que parece, porém, a RX 6500 XT não é tão boa quanto a AMD diz ser. Na verdade, ela parece ser bem ruim. Os principais sites de análise de hardware já receberam a placa de vídeo, e a maioria deles afirma que a GPU é péssima em todos os sentidos.

Nos testes do Gamer Nexus, a RX 6500 XT foi classificada como sendo “pior que GPUs de 2016”. O TechSpot disse que “esse é o pior lançamento de placa de vídeo dos últimos 20 anos”. Já o Linus Tech Tips escreveu que “é um componente que você pode comprar, mas não deveria”. “A pior GPU”, comentou o Hardware Unboxed.

Essas são apenas algumas das dezenas de análises criticando a RX 6500 XT. É claro, vale apontar que escassez de chips está enlouquecendo os entusiastas de hardware. Os preços estão nas alturas e fica cada vez mais difícil achar peças novas. Contudo, essa pode ter sido uma lição para a AMD não contar vantagem tão cedo.

Na próxima, talvez a fabricante devesse seguir o próprio conselho e não lançar mais placas da 4 GB.

Com informações: The Verge, The Verge.

Relacionados

Relacionados