Notícias Brasil

AliExpress agora faz oito voos fretados para o Brasil por semana

Com voos praticamente diários e aumento nas vendas, AliExpress diz que pedidos internacionais agora chegam ao Brasil em até sete dias

Giovanni Santa Rosa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Preços baixos e acesso a mais itens são duas das maiores vantagens de comprar fora. A grande desvantagem, por outro lado, é a demora. Não é raro ter que esperar semanas ou até meses para receber o produto. O AliExpress vai tentar reduzir esse tempo: o marketplace agora faz oito voos semanais fretados para o Brasil.

AliExpress (Imagem: Divulgação)
AliExpress (Imagem: Divulgação)

Segundo a empresa, na prática, há voos diários, com um dia na semana tendo dois voos. A estimativa é que os pedidos internacionais cheguem ao Brasil em, no máximo, sete dias.

Isso, é claro, só resolve uma parte do problema. Após o produto chegar aqui, ele precisa ser liberado pela Receita Federal e despachado para o cliente.

“O tempo de transporte entre o aeroporto e a casa do comprador pode variar, conforme a localidade em que o usuário more”, diz o comunicado do AliExpress à imprensa.

A empresa também afirma que suas vendas no Brasil cresceram. No aniversário de 12 anos da marca, em 27 de março, o AliExpress fez uma promoção com descontos. O resultado foi um aumento de 190% nas vendas em relação ao mesmo período de 2021.

Segundo Briza Bueno, diretora do AliExpress no Brasil, isso demonstra o “interesse dos consumidores por oportunidades de compra com descontos”.

AliExpress terá promoções no fim de junho

O marketplace fará sua maior ação de descontos em 2022 entre os dias 27 de junho e 1º de julho. Chamada “Joga no Carrin”, ela promete descontos de até 80% em marcas como Xiaomi, DJI e Amazfit, além de frete gratuito para milhões de novos itens.

O AliExpress oferecerá ainda descontos progressivos aos usuários e cashback para compras futuras. A ideia é incentivar a compra de mais de um item por pedido — a empresa garante que sua tecnologia é capaz de reunir diferentes produtos em uma mesma remessa, mesmo que eles sejam de diferentes lojas do marketplace.

Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque