O que é abrir uma disputa no AliExpress?

Em casos de problemas com pedidos no AliExpress, o marketplace permite a abertura de disputa, que funciona como uma proteção de compra

Ronaldo Gogoni
Por
• Atualizado há 9 meses
AliExpress (Imagem: Divulgação)
O que é abrir uma disputa no AliExpress? (Imagem: Divulgação)

Abrir uma disputa no AliExpress é um passo obrigatório para resolver problemas com os seus pedidos. É assim que você pode ter o seu dinheiro de volta. Veja abaixo, em detalhes, o que é abrir disputa no AliExpress e em quais situações você pode solicitar esse processo no site.

A disputa é um processo do AliExpress que te permite solicitar reembolso caso tenha algum problema com o pedido, por qualquer motivo. Funciona como uma proteção de compra, onde o consumidor pode fazer a solicitação, se não houver acordo com o vendedor, para se proteger e evitar sair no prejuízo.

Se você encontrar algum problema, recomendamos que você entre em contato com o vendedor primeiro. Se você não conseguir chegar a um acordo, poderá solicitar um reembolso abrindo uma disputa.

AliExpress – Página de disputa

Da mesma forma que o MercadoLivre, OLX, eBay e outras, o AliExpress é um marketplace e não uma loja tradicional. Ele abriga uma grande quantidade de vendedores, desde pessoas físicas a pequenas e grandes empresas, que negociam produtos com o comprador. O site atua como o mediador dos negócios, podendo intervir em caso de problemas.

O processo de disputa é um desses casos. Dependendo de cada caso, o AliExpress poderá ou não dar ganho de causa ao cliente e em caso positivo, ter o reembolso do valor da compra.

Quando abrir uma disputa

Existem alguns casos em que é aconselhável abrir uma disputa no AliExpress. São eles:

  1. O produto não foi entregue;
  2. O produto veio em cor, tamanho, design, material ou modelo diferente do anunciado;
  3. O produto está danificado ou não funciona (para o caso de eletrônicos);
  4. A quantidade de produtos difere da adquirida (quando mais de um);
  5. A caixa do produto chegou vazia, ou com itens que nada têm a ver com a compra.

Um caso de erros frequentes acontece quando o comprador abre uma disputa para um pedido em que o código de rastreio não funciona, o que é de direito apenas se o valor do frete (há mais de um tipo de envio, que variam de preços) incluir o serviço.

Cabe ao consumidor checar antes se o pedido inclui rastreamento através do número, para evitar problemas.

Ronaldo Gogoni

Ronaldo Gogoni

Autor

Ronaldo Gogoni é formado em Análise de Desenvolvimento de Sistemas e Tecnologia da Informação pela Fatec (Faculdade de Tecnologia de São Paulo). No Tecnoblog, fez parte do TB Responde, explicando conceitos de hardware, facilitando o uso de aplicativos e ensinando truques em jogos eletrônicos. Atento ao mundo científico, escreve artigos focados em ciência e tecnologia para o Meio Bit desde 2013.

Relacionados

Relacionados