Notícias Aplicativos e Software

WhatsApp permitirá ocultar quando está online e sair sem alarde de grupos

Além de novas configurações de privacidade, WhatsApp também testa bloqueio de captura de tela para mensagens de visualização única

Giovanni Santa Rosa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O WhatsApp anunciou três recursos de privacidade nesta terça-feira (9). As novas configurações têm foco em privacidade. Será possível sair discretamente de grupos, escolher quem vê se você está online e impedir que mensagens de visualização única sejam printadas.

Logotipo do WhatsApp
WhatsApp (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A opção de deixar grupos silenciosamente é a primeira a chegar, e será lançada para os usuários ainda nesta terça. O recurso vinha sendo testado desde maio e era bastante aguardado pelos usuários — afinal, ninguém gosta de virar fofoca.

Com ela, é possível sair de um grupo sem notificar os outros participantes — só os administradores são avisados.

Esconda o “online” no WhatsApp

A próxima é poder escolher quem vê quando você está online. Atualmente, é possível esconder o “visto por último” de quem não está na sua agenda, de contatos específicos ou até mesmo de todo mundo.

Novos recursos de privacidade do WhatsApp
Novos recursos de privacidade do WhatsApp (Imagem: Divulgação / Meta)

Agora, será possível replicar estas configurações para a exibição do status online, selecionado a opção “Mesmo que ‘visto por último'”. Os testes desse recurso começaram em julho, e essas opções serão disponibilizadas ainda este mês.

“Todos nós temos momentos em que gostaríamos de verificar nosso WhatsApp sem interações”, diz o comunicado da empresa.

Bloqueie prints

Por fim, o WhatsApp também vai permitir o bloqueio de capturas de tela (também conhecidas como printscreens ou screenshots) em mensagens de visualização única.

Assim, não será possível fazer uma cópia de uma mensagem que não deveria ser armazenada. A empresa diz que o recurso ainda está em testes e deverá ser apresentado em breve.

“Continuaremos criando novas maneiras de proteger suas mensagens e mantê-las tão privadas e seguras quanto as conversas presenciais”, diz Mark Zuckerberg, fundador e CEO da Meta.

Com informações: WhatsApp

Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque