Notícias Gadgets

Amazfit GTS 4 e GTR 4 com bateria de até 14 dias são lançados no Brasil

Amazfit GTR 4 tem coroa giratória ao redor da tela, e GTS 4 possui visual que lembra Apple Watch; confira os preços e mais detalhes

Yan Avelino
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A chinesa Zepp Health (antiga Huami) anunciou nesta terça-feira (7) que o Amazfit GTR 4 e GTS 4 já desembarcaram no Brasil. A empresa promete um monitoramento de saúde mais preciso e bateria de longa duração. Os novos relógios inteligentes serão vendidos oficialmente no país apenas em lojas online.

Amazfit GTR 4 (foto) e GTS 4 são lançados com bateria de longa duração (Imagem: DIvulgação)
Amazfit GTR 4 (acima) e GTS 4 são lançados com bateria de longa duração (Imagem: Divulgação / Amazfit)

Entre os dois relógios, quem ganha destaque é o Amazfit GTR 4. Ele conta com um corpo circular e uma tela de 1,43 polegada. O modelo também possui uma coroa giratória que facilita a navegação em todo o sistema operacional, o Zepp OS.

De acordo com a empresa, a nova geração do GTR é capaz de reconhecer automaticamente 15 exercícios de força e oito esportes: caminhada, caminhada indoor, ciclismo ao ar livre, corrida ao ar livre, elíptica, esteira, máquina de remo e natação em piscina.

O novo modelo ainda conta com resistência à água (até 5 ATM), está disponível nas cores prata e preto e tem três opções de pulseiras: cinza (feita em nylon), marrom (feita de couro) e preto (fluoroelastômero). A fabricante afirma que a bateria de 475 mAh do relógio pode durar até 14 dias.

Amazfit GTS 4 lembra Apple Watch

As principais diferenças do Amazfit GTS 4 para o GTR 4 estão no design e na bateria. O modelo possui um corpo retangular, que mais parece um Apple Watch, e também conta com uma coroa giratória na lateral.

Amazfit GTS 4 possui visual que lembra o Apple Watch (Imagem: Divulgação)
Amazfit GTS 4 possui visual que lembra o Apple Watch (Imagem: Divulgação)

A tela do GTS 4 é um pouco maior e mede 1,75 polegada. Contudo, a bateria é inferior: tem apenas 300 mAh. De acordo com a Amazfit, o relógio inteligente pode ficar até oito dias longe da tomada quando usado de forma moderada. Para quem usar intensamente, ele pode durar até quatro dias.

O modelo em questão também possui resistência à água (até 5 ATM) e conta com quatro opções de cores (branco, marrom, preto e rosa). Fora isso, todas as funcionalidades já citadas estão presentes por aqui, como o reconhecimento de exercícios de força e de esportes.

Ambos os relógios são capazes de armazenar músicas e podem controlar a reprodução delas via Bluetooth. A Amazfit diz que os wearables possuem sensores mais avançados que a versão passada e monitoram constantemente o oxigênio no sangue, frequência cardíaca e os níveis de estresse do usuário.

Preço do Amazfit GTR 4 e GTS 4 no Brasil

Ambos os smartwatches estão em pré-venda desde a última sexta-feira (2) na Alemanha e na Polônia. Por lá, o preço sugerido é de 200 euros (cerca de R$ 1.035).

E no Brasil? De acordo com o comunicado à imprensa, o Amazfit GTR 4 e GTS 4 têm o mesmo preço de R$ 1.149 nas lojas online parceiras – isto é, Amazon e Americanas.

No entanto, o Tecnoblog verificou que cada modelo está sendo vendido a um preço diferente na Amazon:

Se você está na dúvida se deve (ou não) comprar, é válido considerar algumas opções da concorrência. O Samsung Galaxy Watch 4, lançado no ano passado, é um smartwatch poderoso que já pode ser encontrado abaixo dos R$ 1.200. Outra alternativa é o Huawei GT2 Pro, que também conta com uma longa bateria e é vendido nessa mesma faixa de preço.

E há alternativas mais acessíveis da própria Amazfit, como o GTS 4 Mini e Band 7: eles chegaram ao Brasil custando R$ 619 e R$ 309, respectivamente.

Yan Avelino

Repórter

Yan Avelino é natural de Recife (PE) e estuda Jornalismo na UNINASSAU. Foi repórter do Portal Tracklist em 2020 e do MacMagazine, onde cobriu a WWDC em 2021. Também passou pela TV Guararapes, emissora afiliada à RecordTV em Pernambuco, atuando como produtor de reportagem da versão local do Cidade Alerta. Atualmente, é repórter do Tecnoblog.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque