Tablet do Google também poderá ser usado como tela inteligente na sua casa

Google Pixel Tablet sairá da caixa com o Google Tensor G2, o mesmo processador do Pixel 7 e 7 Pro; gadget chegará aos consumidores com Android

Bruno Gall De Blasi
Por

Além do Pixel 7, o Google fez uma prévia do futuro Google Pixel Tablet nesta quinta-feira (6). O lançamento se destaca por contar com uma base para ser utilizado como uma tela inteligente e mantê-lo carregado. O gadget também vai trazer o mesmo processador dos celulares, o Google Tensor G2, e deve sair da caixa com Android 13. 

Google Pixel Tablet também poderá ser usado como tela inteligente (Imagem Divulgação)
Google Pixel Tablet também poderá ser usado como tela inteligente (Imagem Divulgação)

O dispositivo foi apresentado pela gigante das buscas ao lado dos novos produtos da linha Pixel. Na ocasião, a companhia não revelou muitos detalhes. Mas antecipou que o dispositivo terá uma base magnética que, além de mantê-lo recarregado, vai levar os recursos de uma tela inteligente para um tablet.

“O Pixel Tablet foi projetado para fazer a transição perfeita de uma tela doméstica para um dispositivo de entretenimento que você pode levar para qualquer lugar – tornando-o um dos tablets mais versáteis que se adapta facilmente a você”, anunciaram.

Isto significa que o Pixel Tablet terá duas funções. A primeira, é claro, é a de um tablet, que te permitirá acessar redes sociais, ler textos, assistir a filmes e séries, entre outros recursos. A segunda é de uma tela inteligente, como o Nest Hub Max, que apresenta informações importantes para o dia a dia e é integrado ao Google Assistente.

Google Pixel Tablet sairá da caixa com Android (Imagem: Divulgação)
Google Pixel Tablet sairá da caixa com Android (Imagem: Divulgação)

Pixel Tablet terá Android e chip Google Tensor G2

Em uma publicação no Twitter, o Google destacou outros diferenciais. É o caso do “som aprimorado”, o que deve ser um atrativo para ouvir música em casa. O lançamento ainda contará com o Google Assistente para ser acionado por comandos de voz sem precisar usar as mãos para saber se vai chover ou não, por exemplo.

O Google, no entanto, não entrou em muitos detalhes sobre a ficha técnica. O que se sabe, até o momento, é que o tablet terá um chip Google Tensor G2, o mesmo do Pixel 7. Também é possível notar uma câmera na parte de trás e outra na frente para fazer videoconferências, tirar selfies e afins.

“Com o processamento avançado de imagem e aprendizado de máquina do Tensor G2, todos os seus recursos favoritos do telefone Pixel, como videochamadas, edição de fotos e ajuda de viva-voz com o Google Assistente, funcionarão perfeitamente no Pixel Tablet”, afirmaram.

O preço é outro mistério. Mas o Google afirmou que o tablet chegará às lojas em 2023.

Com informações: Engadget e XDA-Developers

Relacionados

Relacionados