Por desafio no TikTok, jovens roubam carros Kia e Hyundai com cabo USB

Desafio no TikTok mostra como ligar carros Kia e Hyundai nos EUA com cabo USB; problema fez roubos de veículos dessas marcas aumentarem no país

Emerson Alecrim
Por

Ligar dois fios debaixo do painel ficou no passado. Agora, ladrões podem roubar carros usando um cabo USB comum. Pelo menos é o que tem acontecido com alguns veículos da Kia e Hyundai nos Estados Unidos. O problema não é recente, mas ganhou força neste início de ano graças aos desafios no TikTok.

Roubo de carro com cabo USB (imagem: YouTube/Fox 2)
Roubo de carro com cabo USB (imagem: YouTube/Fox 2)

É de se imaginar que o truque consista em usar uma eventual porta USB nesses veículos para hackeá-los. Não é o caso. Se fosse, talvez o problema pudesse ser resolvido com uma simples atualização de software. Na verdade, o truque requer usar o conector USB no lugar da chave.

Vídeos disponíveis nas redes sociais, com destaque para o TikTok, mostram que o macete está em remover a tampa da coluna de direção e desmontar o mecanismo onde a chave é inserida. Depois, o conector USB é inserido ali de um modo que permite girar o cilindro de ignição.

O procedimento é rápido. O carro liga como se uma chave tivesse sido usada para isso. O truque funciona tão bem que pode ser executado mais de uma vez no mesmo veículo.

Roubos vêm de desafios no TikTok

Quem teve a ideia de ligar um cabo USB na ignição de um carro? Eis um mistério. O que se sabe é que esse truque está se espalhando nas redes sociais. Desde 2021, vários estados americanos registram aumento de roubos de carros Kia e Hyundai em razão da artimanha.

O detalhe mais preocupante é que boa parte das postagens sobre o truque corresponde a desafios. Isso tem feito jovens que não tinham real intenção de roubar um carro cometer o crime só para cumprir o desafio.

Tom Dart, xerife do Condado de Cook (Illinois), declarou à CNBC que a maioria dos roubos envolve adolescentes, muitos dos quais nem têm idade para dirigir. Um dos casos tinha como autor um menino de apenas 11 anos.

Painel de carro Kia (imagem: Kam Pratt/Pexels)
Painel de carro Kia (imagem: Kam Pratt/Pexels)

De acordo com as autoridades americanas, o problema teve início em 2021, mas ganhou escala em 2022. Continua havendo registros neste começo de 2023. Mais de 100 roubos já foram registrados neste ano.

Além de Cook, casos ocorreram em Milwaukee (Wisconsin), Condado de Prince George (Maryland) e várias outras localidades dos Estados Unidos.

E agora?

O problema atingiu uma proporção tão grande que Kia e Hyundai tiveram que agir. Esta última informou que, desde novembro de 2021, todos os seus veículos saem de fábrica com imobilizadores (bloqueadores) instalados. A companhia também planeja oferecer uma atualização de software que aumenta a segurança dos carros.

Já a Kia informou que todos os modelos 2022 trazem tecnologia imobilizadora. Ambas as companhias trabalham ainda com autoridades para fornecer travas de volante aos proprietários de veículos afetados pelo problema.

YouTube video

Os carros da Kia e Hyundai que têm botão de partida estão livres do truque, pois saem de fábrica com um imobilizador. Esse tipo de dispositivo conta com um transponder que autentica a chave do veículo, de modo que cópias ou outros mecanismos não possam ligá-lo.

Para quem tem um carro Kia ou Hyundai fabricado entre 2010 e 2021 que não traz imobilizador, as autoridades americanas têm aconselhado a instalação de travas ou alarmes. Elas recomendam ainda que o proprietário não deixe cabos USB no interior do veículo.

Com informações: The Washington Post, CNBC.

Relacionados

Relacionados