Nintendo Switch OLED de The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom chegará antes do game

Nintendo confirmou a existência do console que havia sido vazado em 2022; sistema não virá com o jogo, mas terá diversos símbolos do game em sua base

Ricardo Syozi
Por
Modelo do Nintendo Switch OLED do novo Zelda (Imagem: Reprodução / Nintendo)

Durante a transmissão focada na jogabilidade de The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom, a Nintendo anunciou que vai lançar uma versão do Switch OLED inspirada no game. O console chegará às lojas no dia 28 de abril de 2023, duas semanas antes do jogo, que será lançado em 12 de maio. Ele será todo personalizado, com símbolos tanto no sistema, quanto nos Joy-Cons e na dock.

Ao fim do vídeo que apresentou partes da jogabilidade da aguardada sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild, a Big N confirmou o modelo que havia sido vazado no fim de 2022. O console terá gravuras baseadas no mundo do game e custará US$ 359 (perto de R$ 1.859 em uma conversão direta).

Entretanto, mesmo sendo uma edição especial, é importante mencionar que o videogame não virá com o jogo no pacote. É necessário adquirir o título separadamente, tanto de forma digital quanto física.

A Nintendo também anunciou uma versão de The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom do Pro Controller e de uma bolsa para carregar o sistema. Seus lançamentos ocorrerão no dia 12 de maio.

pro controller zelda tears of the kingdom
Pro Controller e bolsa de Tears of the Kingdom (Imagem: Divulgação / Nintendo)

Armas vão continuar quebrando em Tears of the Kingdom

Na apresentação de pouco mais de 13 minutos, Eiji Aonuma, o produtor do game, confirmou que a obra está finalizada. Ou seja, nada de novos adiamentos, o que indica que logo teremos mais uma peça para a cronologia de The Legend of Zelda.

A aventura terá ilhas flutuantes, que vão exigir que o herói use uma habilidade de reversão temporal em objetos específicos para chegar nelas. Inimigos inéditos vão aparecer, como um Construct, que parece ser a junção de pedras e metal.

Falando em junção, o Link poderá usar fundir objetos para aprimorar suas armas, aumentando seu alcance e sua durabilidade, por exemplo. Isso quer dizer que ainda teremos espadas e afins quebrando durante a jogatina. Característica tanta amada quanto odiada pelos jogadores.

Outra habilidade anunciada é a “Ultrahand”, que lembra bastante o jogo Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts, pois permite que o protagonista junte objetos para criar veículos. Por fim, a chamada “Ascend” vai ajudar o guerreiro a subir estruturas distintas sem precisar gastar energia para isso.

O vídeo completo você confere logo abaixo:

Com informações: Nintendo.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ricardo Syozi

Ricardo Syozi

Repórter

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Relacionados