AMD Ryzen

Sem querer querendo, a AMD revelou as especificações dos processadores Ryzen 3, que vão concorrer diretamente com os Core i3. Eles serão lançados apenas na segunda metade do ano, mas já deram as caras em uma apresentação dos chips Ryzen Pro, voltados para usuários corporativos.

Dois modelos surgiram: o Ryzen 3 1300 e o Ryzen 3 1200. Uma diferença notável em relação aos Ryzen 5 e Ryzen 7 é que os chips mais baratos não terão Simultaneous MultiThreading (SMT): eles possuem quatro núcleos e quatro threads. Estas são as especificações:

  • Ryzen 3 1300: 4 núcleos, 4 threads, 3,5 GHz (3,7 GHz em turbo), cache L3 de 8 MB, TDP de 65 W
  • Ryzen 3 1200: 4 núcleos, 4 threads, 3,1 GHz (3,4 GHz em turbo), cache L3 de 8 MB, TDP de 65 W

Os preços ainda não foram anunciados, mas é certo que ambos serão mais baratos que o Ryzen 5 mais acessível (US$ 169). Para fins de comparação, a Intel tem sete modelos de Core i3 para desktops; todos são dual-core com quatro threads e são vendidos com preços entre US$ 117 (Core i3–7100) e US$ 179 (Core i3–7350K).

Ryzen Pro

A AMD também anunciou o Ryzen Pro, uma linha de processadores para usuários corporativos que deverá competir com os Intel Core vPro. Eles compartilham das especificações dos Ryzen 5 e Ryzen 7 que já foram anunciados, mas têm 36 meses de garantia (contra 12 meses dos chips para consumidores domésticos) e recursos adicionais de segurança.

Os Ryzen Pro estarão dentro de workstations da Dell, HP, Lenovo e outras empresas, que serão lançados na segunda metade do ano.

Com informações: AnandTech.

Relacionados

Autor(a)

Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.