Ryzen Z1 e Z1 Extreme são os novos chips da AMD para portáteis de jogos

APUs AMD Ryzen Z1 e Ryzen Z1 Extreme estrearão no portátil Asus ROG Ally; eles trazem até oito núcleos de CPU e gráficos RDNA 3

Emerson Alecrim
Por
Ryzen Z1 com arquiteturas Zen 4 e RDNA 3 (imagem: divulgação/AMD)
Chip Ryzen série Z1 (imagem: divulgação/AMD)

O lançamento dos portáteis para jogos Asus ROG Ally foi confirmado nesta terça-feira (25). Eles serão equipados com os também novos chips Ryzen Z1 e Ryzen Z1 Extreme, da AMD. Ambos têm arquitetura Zen 4 e gráficos RDNA 3, e foram desenvolvidos especificamente para dispositivos portáteis.

Até oito núcleos e 16 threads

O AMD Ryzen Z1 é o modelo mais simples da dupla, mas não deixa de ser interessante. A APU (nome que a AMD usa para designar chips que combinam CPU com GPU) conta com seis núcleos e 12 threads. Quatro Compute Units (núcleos gráficos) com arquitetura RDNA 3 para gráficos e 22 MB de cache complementam o chip.

Já o AMD Ryzen Z1 Extreme eleva esses números para oito núcleos e 16 threads. A maior diferença está quesito gráfico: são 12 Compute Units RDNA 3. Aqui, a quantidade de memória cache vai para 24 MB.

Em comum, os dois chips trazem tecnologia de fabricação de 4 nanômetros da TSMC e TDP de 15-30 W. Suporte a USB4 e a memórias LPDDR5 / LPDDR5X fazem parte das demais características.

E o desempenho?

Os testes independentes com o Asus ROG Ally é que vão nos dizer como as APUs Ryzen Z1 se comportam. Mas, de acordo com a AMD, eles não devem decepcionar no quesito desempenho.

Em um slide de apresentação das novidades, a AMD afirma que o Ryzen Z1 alcança 2,8 teraflops de performance gráfica. o Ryzen Z1 Extreme, 8,6 teraflops.

Outro slide apresentado pela companhia mostra o Ryzen Z1 Extreme atingindo média de 162,1 fps em CS:GO e 121,7 fps em Forza Horizon 4, ambos em resolução 1080p e configurações gráficas baixas. No Ryzen Z1, os resultados para os mesmos jogos foram 137,6 e 83,3 fps, respectivamente.

Também há alguns números não muito animadores. Em Red Dead Redemption 2, as médias para o Ryzen Z1 e o Ryzen Z1 Extreme foram de 25,3 e 47,9 fps. Mas a AMD dá a entender que, de modo geral, as novas APUs oferecerão ótima experiência com jogos em dispositivos portáteis.

Testes da série Ryzen Z1 com jogos (imagem: divulgação/AMD)
Testes da série Ryzen Z1 com jogos (imagem: divulgação/AMD)

Mas, de novo: os testes independentes é que nos mostrarão o que essas APUs podem fazer. Os números divulgados pela AMD têm como base o modo “turbo” do ROG Ally, que alcança TDP de 30 W, reconheceu a empresa ao Verge.

Exclusivos da Asus, mas só por um tempo

As APUs Ryzen Z1 e Ryzen Z1 Extreme chegarão ao mercado por meio do ROG Ally, como já sabemos. No entanto, a AMD sinaliza em seu anúncio que os novos chips não serão fornecidos exclusivamente para a Asus.

Portátil ROG Ally (imagem: divulgação/Asus)
Portátil ROG Ally (imagem: divulgação/Asus)

Uma possibilidade é a de eles apareçam na próxima geração do Steam Deck. A atual é baseada em um chip AMD com arquiteturas Zen 2 e RDNA 2.

Ainda no campo das especulações, existe um burburinho sobre o Ryzen Z1 ser uma versão adaptada do chip Ryzen 7 7840U. Questionada sobre isso pelo Verge, a AMD desconversou. “Ainda não anunciamos oficialmente nenhum modelo da série 7000U”, disse Don Woligroski, gerente sênior de marketing técnico da companhia.

Receba mais sobre AMD na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados