Android vai arquivar apps pouco usados para liberar espaço no celular

Nova ferramenta do Android apaga aplicativo, mas dados pessoais são mantidos no aparelho; para voltar a usar, basta refazer o download

Giovanni Santa Rosa
Por
Android
Android (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Ninguém gosta de ficar sem memória no celular, mas desinstalar apps é um processo chato, e não dá para sair apagando tudo e perder informações importantes. O Google começou a liberar um recurso para conciliar essas duas necessidades no Android. Com o arquivamento automático, um aplicativo pouco usado pode ocupar 60% menos espaço, sem perder os dados do usuário.

A novidade foi anunciada no blog para desenvolvedores do Android. Segundo o texto, quando o usuário aceita o recurso, o sistema arquiva automaticamente aplicativos pouco utilizados.

O ícone do aplicativo fica com um ícone de nuvem com uma seta, indicando que é necessário refazer o download. O arquivamento pode resultar em uma economia de espaço de até 60%.

A sugestão de arquivamento automático deve aparecer para o usuário quando ele tentar instalar um novo aplicativo e seu aparelho não tiver espaço suficiente. Se ele topar, o Android arquiva todos os apps pouco utilizados para liberar memória para a instalação.

Aquivamento de apps no Android
Arquivamento de apps (Imagem: Reprodução/Android Developers Blog)

Android mantém dados de app arquivado

O método tem uma vantagem sobre desinstalar totalmente o app: os dados pessoais ficam preservados. Isso é importante em alguns casos.

Um exemplo que me ocorre agora são os aplicativos de banco. Em alguns casos, eles precisam de autorizações ou tokens instalados, que geralmente envolvem algum processo burocrático e são perdidos ao desinstalar. Com o arquivamento, eles podem ser mantidos.

A ferramenta também deve servir para apps que não fazem backup na nuvem, facilitando a manutenção das informações.

Nem todos os apps serão elegíveis para arquivamento. Segundo o Google, é preciso que eles sejam publicados usando o App Bundle, que inclui todos os recursos e códigos compilados. O recurso também serve para reduzir o tamanho dos downloads e das atualizações.

iOS tem recurso semelhante

Do lado Apple da força, também é possível se livrar automaticamente de apps não utilizados para economizar espaço.

O iOS faz uma distinção entre desinstalar e apagar apps. No primeiro caso, o aplicativo é deletado, mas dados e documentos continuam no aparelho. No segundo, tudo é deletado.

A opção para desinstalar automaticamente fica nas configurações da App Store. Também é possível fazer o processo manualmente, indo até o armazenamento do iPhone e escolhendo o app que você deseja desinstalar.

Com informações: The Verge, Android Developers Blog

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Relacionados