Apple quer integrar aplicativos para iPhone, iPad e Mac até 2021

A empresa espera que a solução ajude a aumentar a receita de suas lojas de aplicativos

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses

A Apple deseja estimular a criação de aplicativos para seus sistemas operacionais. Para isso, a empresa fará com que desenvolvedores deixem de repetir o trabalho e consigam oferecer o mesmo app para iPhone, iPad e Mac.

Segundo a Bloomberg, a solução unificada para os três aparelhos deverá ficar pronta até 2021. A Apple aposta que a iniciativa fará a oferta em sua loja de aplicativos aumentar, levando a um crescimento da receita com assinaturas e compras internas.

Batizado de Marzipan, o projeto foi parcialmente apresentado na WWDC do ano passado. Ele deverá ser implementado em etapas: este ano, os aplicativos de iPad se tornarão compatíveis com Mac e, em 2020, será a vez dos apps de iPhone chegarem ao computador.

O processo de atualização dos aplicativos será feito por meio de um kit de desenvolvimento de software (SDK). A expectativa é de que a primeira fase seja anunciada durante a WWDC, que, de acordo com o MacRumors, ocorrerá entre 3 e 7 de junho.

“Desenvolvedores ainda precisarão enviar versões separadas do app para as lojas de iOS e Mac, mas o novo kit fará com que eles não tenham de escrever o código do software duas vezes”, diz a Bloomberg, com base em relatos de pessoas próximas ao projeto.

A Apple ainda poderá alterar seus planos em relação ao Marzipan, mas o que é certo, no momento, é que iOS e macOS seguirão como dois sistemas separados.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Ex-autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi autor, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Canal Exclusivo

Relacionados