Bill e Melinda Gates estão se separando, mas Fundação Gates continua

Divórcio encerra 27 anos de casamento, mas os dois continuarão trabalho juntos em prol da filantropia na Fundação Bill & Melinda Gates

Ana Marques
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Melinda Gates e Bill Gates (Imagem: Reprodução/Forbes)
Melinda Gates e Bill Gates (Imagem: Reprodução/Forbes)

Bill Gates e Melinda Gates anunciaram nesta segunda-feira (03) que estão se divorciando após 27 anos juntos. O fim do casamento não encerra, porém, a parceria profissional. Segundo o comunicado postado por ambos nas redes sociais, os dois continuarão a compartilhar trabalho na Fundação Bill & Melinda Gates, fundada em 2000.

O motivo da separação não foi revelado de forma detalhada. Bill e Melinda afirmaram não acreditar mais que podem crescer como um casal nesta próxima fase de suas vidas, mas ainda compartilham a crença na missão da fundação que criaram para ajudar pessoas ao redor do mundo. A Fundação Gates tem fundo patrimonial de quase US$ 50 bilhões.

Melinda e Bill se conheceram na Microsoft, quando Melinda foi contratada para ser gerente de produtos da empresa, em 1987. Na época, Bill Gates era o presidente-executivo da companhia, cargo que ocupou até janeiro de 2000.

Fundação Gates já gastou mais de US$ 50 bilhões em filantropia

Em 2020, Bill deixou o conselho administrativo da Big Tech para se dedicar aos projetos da Fundação Bill & Melinda Gates. No mesmo ano, Melinda Gates foi considerada a 5ª mulher mais poderosa do mundo segundo a revista Forbes.

A Fundação Gates já gastou US$ 53,8 bilhões em projetos filantrópicos relacionados à medicina, educação, entre outros. Em agosto, a entidade anunciou um fundo de US$ 150 milhões destinado a vacinas contra COVID-19 para países pobres.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Canal Exclusivo

Relacionados