Boletos vencidos acima de R$ 800 serão aceitos em qualquer banco

Felipe Ventura
Por
• Atualizado há 1 mês
boleto bancário

Pouco a pouco, não será mais necessário ir a uma agência do banco emissor para pagar boletos vencidos. A Febraban está migrando os boletos para a Nova Plataforma de Cobrança, e a próxima fase começa este mês.

Por enquanto, a Nova Plataforma de Cobrança aceita boletos acima de R$ 2 mil. A partir do dia 24 de março, o valor mínimo será de R$ 800.

Em 26 de maio, o limite será novamente reduzido, desta vez para R$ 400. E a partir de 21 de julho, todo boleto acima de R$ 0,01 poderá ser incluído.

No entanto, a transição só será completa em 22 de setembro, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito, doações, entre outros.

Isso significa que boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco — incluindo via atendimento online ou por telefone — e o cálculo de juros e multas será feito automaticamente.

O banco poderá controlar melhor todos os boletos porque eles deverão ter CPF/CNPJ do emissor e pagador, data de vencimento, valor e encargos. Tudo isso fica registrado na CIP (Câmara Interbancária de Pagamentos).

A Febraban também estipulou um prazo de convivência entre o antigo modelo de cobrança (que permitia boletos sem registros) e o novo. Desde 24 de fevereiro, todo boleto acima de R$ 2 mil precisa ser emitido na Nova Plataforma de Cobrança.

Inicialmente, o cronograma previa que esse novo modelo seria implementado até o final de 2017, mas a Febraban explica que “foi necessária uma adaptação para garantir a segurança e a tranquilidade no processamento, em função do elevado número de documentos – cerca de 4 bilhões de boletos por ano”.

Com informações: Febraban, Correio24Horas.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Ex-editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. No Tecnoblog, atuou entre 2017 e 2023 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados