Disney+ ultrapassa 50 milhões de assinantes em cinco meses

O crescimento acontece devido à expansão do serviço de streaming para mais países

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Disney+. (Imagem: Reprodução/Disney)

O número de usuários do Disney+ segue crescendo de forma significativa. Com cinco meses, o serviço de streaming superou a marca de 50 milhões de assinantes. No início de fevereiro, última vez em que esses números foram revelados, eram 28,6 milhões de usuários.

O avanço acontece devido à expansão para Reino Unido, França, Espanha, Áustria, Suíça e Índia. Apenas no mercado indiano, onde a plataforma foi lançada junto a um serviço adquirido na negociação pela Fox, há 8 milhões de assinantes.

O feito do Disney+ ainda não se compara ao da Netflix, que conta com 167 milhões de assinantes, mas é louvável pelo pouco tempo de existência da plataforma. O Hulu, por exemplo, existe há 13 anos apenas nos Estados Unidos e conta com 30 milhões de assinantes.

“Estamos honrados pelo Disney+ estar chegando a milhões ao redor do planeta”, afirmou o presidente presidente da divisão direta ao consumidor e internacional da Disney, Kevin Mayer. “Acreditamos que isso seja um presságio para nossa expansão contínua na Europa Ocidental, e no Japão e em toda a América Latina no final deste ano”.

No Brasil, por exemplo, o serviço deverá ser lançado até novembro. Enquanto essa expansão para mais países não acontece, a empresa continua apostando em grandes títulos como as animações Frozen 2 e Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica.

O filme Artemis Fowl: O Mundo Secreto, que chegaria aos cinemas em algumas semanas, será levado somente para o Disney+. A mudança de planos acontece por conta da pandemia do novo coronavírus, que causou o fechamento temporário de cinemas em vários países.

A grande expectativa, no entanto, parece ser com séries dos universos Marvel e Star Wars. O serviço de streaming deve liberar Falcão e Soldado Invernal em agosto, enquanto a segunda temporada de O Mandaloriano chegará em outubro.

Com informações: The Verge.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Ex-autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi autor, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Canal Exclusivo

Relacionados