Gmail amplia limite de anexos recebidos para 50 MB

Anexos enviados continuam tendo limite de 25 MB

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 3 dias
Gmail - smartphone

O Gmail oferece pelo menos 15 GB de espaço para as contas gratuitas, mas não é exatamente generoso com os anexos: esses arquivos podem ter, no máximo, 25 MB de tamanho. A boa notícia é que esse limite vai aumentar para 50 MB. A má é que a mudança vale apenas para arquivos recebidos.

Sim, se você quiser anexar arquivos grandes, ainda terá que se contentar com o limite de 25 MB. Talvez o Google resolva elevar esse limite nos próximos meses, mas, no comunicado oficial, a própria empresa sinaliza que prefere que os usuários usem serviços como o Google Drive para compartilhamento de arquivos.

Se é assim, por que o limite dos anexos recebidos está sendo incrementado? O Google explica apenas que, apesar da conveniência do Drive e afins, algumas vezes o usuário precisa receber arquivos grandes no email. A mudança vem para atender a essa necessidade.

Note, porém, que o máximo suportado é de 50 MB por email recebido. Se dois ou mais arquivos forem anexados, a soma do tamanho deles não poderá ultrapassar esse total.

Serviços como Outlook.com, Yahoo Mail (acredite, muita gente ainda usa) e Aol Mail também só funcionam com limite de anexo igual ou próximo de 25 MB. Isso significa que a mudança no Gmail beneficiará um número baixo de usuários — provavelmente, somente aqueles que recebem mensagens de organizações cujos servidores de email são menos restritivos com anexos.

De qualquer forma, a mudança valerá para todos os usuários. Até o final da semana, todas as contas no Gmail já terão sido atualizadas.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados