O novo menor celular do mundo pesa 13 gramas

E faz até ligações

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 2 meses

De vez em quando surgem alguns gadgets tão pequenos, tão pequenos, que parecem de brinquedo. O Zanco tiny t1 é um deles: ele tem o tamanho de duas moedas (mas é mais leve que uma), possui entrada para chip de operadora, envia mensagens de texto e faz até ligações telefônicas.

Em financiamento no Kickstarter, o Zanco tiny t1 já arrecadou US$ 49 mil, acima da meta original, que era de US$ 33 mil. Nas imagens, parece até que estamos diante de uma pessoa com uma mão gigante:

O Zanco tiny t1 tem 46,7 mm de altura, 21 mm de largura e 12 mm de espessura, pesando menos do que os grãos que eu uso para fazer uma única caneca de café. Dentro dele, há uma entrada para Nano-SIM, 32 MB de RAM, processador da MediaTek e tela OLED de 0,49 polegada com a modesta resolução de 64×32 pixels.

A bateria de 200 mAh aguenta 180 minutos de chamadas ou três dias em standby e pode ser recarregada na porta Micro-USB. E a memória de 32 MB permite armazenar até 300 contatos, 50 mensagens de texto e 50 registros de chamadas efetuadas ou recebidas. Ele tem até Bluetooth para sincronizar contatos e músicas.

E por que diabos você compraria um celular tão pequeno, que suporta apenas redes 2G? Os criadores dizem que ele pode funcionar como um segundo celular (afinal, você pode levá-lo para qualquer lugar sem se incomodar com o tamanho ou peso), é útil para quem gosta de andar com o mínimo de coisa possível (como corredores e ciclistas) e… porque ele pode te ajudar a começar uma conversa no bar.

O mini-micro-celularzinho está disponível em campanha de crowdfunding no Kickstarter. Uma unidade custa a partir de 30 libras (aproximadamente R$ 132). As entregas devem se iniciar em maio de 2018.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados