Microsoft prepara seu serviço de streaming de jogos e novo Xbox

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Phil Spencer
Phil Spencer durante a E3 2018 (Divulgação/Microsoft)

A Microsoft utilizou a E3 para confirmar que está trabalhando em seu próprio serviço de streaming de jogos. Ainda sem nome revelado, a nova plataforma de empresa deverá funcionar em Xbox, PC e smartphone.

A informação foi divulgada por Phil Spencer, responsável pela área de games da Microsoft. “Nossos engenheiros de nuvem estão construindo uma rede de streaming para permitir jogos de console em qualquer dispositivo”, disse o executivo, sem revelar uma data para a liberação do serviço.

É fácil entender o interesse da Microsoft em criar sua própria plataforma de games. Além de inserir a companhia em um mercado importante, o modelo pode atrair mais desenvolvedores à medida que não tem grandes mudanças de uma versão para outra, como os consoles convencionais.

Spencer também adiantou que a Microsoft está trabalhando em uma nova geração do Xbox. Segundo ele, a equipe da Microsoft Research está trabalhando para oferecer inteligência artificial nos jogos. “Os mundos e os personagens que nós gostamos serão mais ricos e imersivos”, adiantou.

Foco em jogos exclusivos

A companhia também se concentra em aumentar sua lista de jogos exclusivos. Para isso, comprou quatro estúdios: Undead Labs (responsável por State of Decay), Playground Games (Forza Horizon), Ninja Theory (Hellblade: Senua’s Sacrifice) e Compulsion Games (We Happy Few).

Também foi criado o The Initiative, estúdio de Darrell Gallagher, que chefiava Crystal Dynamics no relançamento do Tomb Raider, em 2013. Eles se juntarão à Microsoft Studios, área da empresa voltada para produção de novos jogos.

Com informações: Engadget (2), The Verge, CNET.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Ex-autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi autor, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Canal Exclusivo

Relacionados