Purism Librem 5 é um celular Linux que roda apps de Android

Smartphone da Purism pode se beneficiar de aplicativos Android sem perder a privacidade do PureOS

Ana Marques
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Purism Librem 5

O Librem 5 é um smartphone da Purism que não roda Android, mas consegue executar apps feitos para o sistema do Google. Isso acontece por meio do Anbox, que pretende tornar a experiência de emulação do Android simples, unindo um OS de código aberto aos benefícios do ecossistema mais popular.

Librem 5 promete maior privacidade, mas requer sacrifícios

Com a promessa de “proteger a sua vida digital”, o PureOS oferece total controle do hardware do aparelho ao seu usuário. E agora, com o suporte ao Anbox, a Purism espera ganhar mais adeptos.

O Anbox promete tornar o processo de emulação bastante simples, fornecendo um funcionamento similar ao do ChromeOS. Para isso, você só precisará colocar um arquivo de imagem na pasta do Anbox e reiniciar o smartphone. O visual, no entanto, não é tão animador. Veja a aparência a seguir:

Parece uma tarefa impossível fugir do Google ou da Apple e estar conectado a alguns aplicativos essenciais do dia a dia. Mas ainda há quem não se sinta confortável em expor informações pessoas para essas empresas.

O que a Purism e outras fabricantes, como a dona do PinePhone, querem provar é que pode existir um outro caminho para os que preferem não compartilhar dados com as gigantes da tecnologia – é claro, se esses usuários concordarem em abrir mão de algumas coisinhas.

Com informações: Android Police e Purism

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Canal Exclusivo

Relacionados