Brasil chega a 4 milhões de domínios .br registrados

.com.br é o mais popular, com 3,645 milhões de nomes

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Bandeira do Brasil (imagem: Cesar Fermino/Free Images)

O Brasil já possui mais de 4 milhões de domínios na internet com a terminação .br, de acordo com o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), entidade responsável pelo registro de domínios nacionais. A marca foi atingida na segunda-feira (1º), pouco mais de seis anos depois de chegar ao terceiro milhão.

Existem 120 categorias disponíveis para registro no .br, com terminações para pessoas físicas e jurídicas, profissionais liberais, universidades e até cidades, como rio.br e sampa.br. A mais popular é a .com.br, que representa 91,2% do total de domínios registrados, com 3,645 milhões de nomes.

O crescimento do .br desacelerou nos últimos anos: a quantidade de domínios atingiu o primeiro milhão em 2006, o segundo em 2010 e o terceiro em 2013. Ainda assim, o Brasil detém a sétima terminação de país (ccTLD) mais popular, atrás da China (.cn, 21 milhões), Tokelau (.tk, 18,6 milhões), Alemanha (.de, 16,2 milhões), Reino Unido (.uk, 10,6 milhões), Rússia (.ru, 6,4 milhões) e Países Baixos (.nl, 5,7 milhões).

Registro de domínios .br

Desde 2017, o custo do registro de domínio é de R$ 40 por ano. O NIC.br explica que o valor arrecadado permite à entidade, “além de proporcionar e manter a qualidade no registro e publicação dos domínios com terminação .br, investir em uma série de ações e projetos que geram benefícios e melhorias para a infraestrutura da Internet no país”, como os pontos de troca de tráfego (PTTs).

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados