Sirene inteligente com Wi-Fi é homologada pela Anatel

Alarme com sistema Tuya pode ser configurado por aplicativo e ganha autorização para ser comercializado no Brasil pela Garen

Ana Marques
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Fotos externas - Sirene inteligente Garen (Imagem: Reprodução/Anatel)
Fotos externas - Sirene inteligente Garen (Imagem: Reprodução/Anatel)

A Anatel acaba de homologar uma nova sirene inteligente com Wi-Fi. A solicitante do certificado é a Garen, uma empresa fundada em 2011, que atua no segmento de automação. O manual confirma que o produto é baseado na plataforma da chinesa Tuya, líder no setor de IoT.

A sirene inteligente da Garen permite o monitoramento em tempo real de casas ou outros estabelecimentos, avisando ao usuário pelo app para smartphones caso haja algum disparo do alarme. O gadget pode ser vinculado a diversos dispositivos compatíveis com o sistema de alarmes Tuya.

O sistema conta com bateria recarregável de 700 mAh que promete até 4 horas de funcionamento para casos de falta de energia. A alimentação é feita por USB. Toda a configuração pode ser feita pelo aplicativo para celular.

Sirene inteligente com Wi-Fi passa pela Anatel

Sirene inteligente com Wi-Fi passa pela Anatel

No Brasil, outras empresas conhecidas já fizeram sua estreia no mercado de sirenes inteligentes. É o caso da Multilaser e da Positivo, em suas linhas de smart home, ambas contam com alarmes na faixa de R$ 200 e R$ 300 que são controlados por aplicativos.

Além disso, outro modelo comumente encontrado é o da AGL, que também funciona com Wi-Fi e permite escolher quais sensores (de porta/janela) irão ativar a sirene.

Com a homologação, a Garen recebe a permissão para comercializar a sirena inteligente no Brasil. No entanto, até o momento, não há informações sobre o preço do produto no mercado nacional.

Colaborou: Everton Favretto

Receba mais sobre Tuya na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Canal Exclusivo

Relacionados