Spotify vai usar IA para clonar vozes e traduzir podcasts

Podcasts famosos originalmente em inglês já estão disponíveis em espanhol, com francês e alemão chegando nas próximas semanas.

Giovanni Santa Rosa
Por
Spotify
Spotify (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

O Spotify anunciou uma parceria com a OpenAI para usar a tecnologia da empresa nos podcasts distribuídos pela plataforma. A inteligência artificial vai clonar as vozes dos apresentadores e participantes e usá-las para “redublar” os programas em outras línguas. Assim, públicos que não dominam o idioma original poderão ouvir.

Por enquanto, as ferramentas só foram usadas para tradução do inglês para o espanhol, e apenas em alguns podcasts mais famosos. O Spotify planeja adicionar traduções para francês e alemão nas próximas semanas.

Os episódios traduzidos já estão na plataforma, em um espaço dedicado a eles, caso você queira conferir o resultado.

O recurso usa como base a tecnologia Whisper, da OpenAI, que é capaz de transcrever falas e traduzir outros idiomas para inglês. Ela é a mesma empregada no app do ChatGPT para entender comandos de voz e nos bots de WhatsApp para transcrever áudios.

A ferramenta do Spotify vai além: ela cria uma versão sintetizada da voz dos apresentadores e convidados dos podcasts, como se eles estivessem falando em outra língua, sem precisar que eles aprendam o idioma e regravem o programa.

Não é a primeira vez que o Spotify experimenta o uso de inteligência artificial em seu app. A empresa criou o DJ X, uma IA que funciona como locutora de rádio, conversando com o usuário entre uma e outra música recomendada. A ferramenta está em fase beta e não chegou ao Brasil.

O ChatGPT agora também fala

O Spotify não deu mais detalhes técnicos, mas é provável que as novidades de processamento de voz também usem como base tecnologias da OpenAI.

A empresa anunciou na manhã desta segunda (25) uma grande atualização no app do ChatGPT para celular, incluindo respostas em voz. Por enquanto, essas ferramentas estão disponíveis apenas para usuários dos planos Plus e Enterprise.

Com informações: The Verge, The Independent

Relacionados