Novo vídeo mostra robô Optimus, da Tesla, fazendo ioga e organizando peças

Optimus separa blocos por cor, mesmo com humano atrapalhando. Robô consegue calibrar braços e pernas sozinho, usando câmera para reconhecer juntas.

Giovanni Santa Rosa
Por
Robô humanoide Tesla Optimus faz pose de ioga, apoiado sobre um pé, com a outra perna dobrada e suspensa, e mãos próximas ao peito
Tesla Optimus faz pose de ioga (Imagem: Divulgação/Tesla)

A Tesla é mais famosa por seus carros elétricos, mas ela também está investindo pesado em robótica. Um dos modelos é o Optimus, que tem aparência bastante humana. Em um novo vídeo divulgado pela empresa, ele separa peças coloridas e faz exercícios de ioga para alongamento.

Separar peças por cor e colocá-las nas bandejas correspondentes não é novidade para o Optimus. Dessa vez, porém, ele enfrentou um pouco mais de dificuldade: um humano trocava as peças de lugar, para confundir a máquina. Ou seja, se o Optimus se revoltar, saibam que foi esse o motivo.

Piadas à parte, o Optimus realizou a tarefa com sucesso, mostrando capacidade de se adaptar a mudanças de condições. Além disso, ele consegue corrigir o posicionamento das peças que tombam e aprender novas ações, como misturar novamente os blocos.

Depois de tanto trabalho, é hora de relaxar. Na parte final do vídeo, o Optimus faz algumas posições de alongamento da ioga, esticando braços e pernas e ficando sobre apenas um pé.

Segundo a Tesla, o robô agora é capaz de calibrar sozinho braços e pernas, com auxílio da câmera de visão e do reconhecimento das juntas de dedos, punhos e demais articulações. Assim, ele consegue localizar seus membros no espaço e controlá-los para realizar tarefas.

Optimus pode custar US$ 20 mil daqui a cinco anos

O Optimus foi apresentado por Elon Musk em outubro de 2022, na edição daquele ano do Tesla AI Day.

Desde então, a Tesla vem divulgando vídeos sobre o desenvolvimento do robô. Em um deles, um grupo de Optimus anda pelas instalações da fábrica.

A demonstração ainda inclui o treinamento da IA, usando um ser humano e câmeras de captura de movimentos.

Um dos trechos mostra que o motor empregado é capaz de tocar em um ovo sem quebrá-lo. Em outro vídeo, a Tesla demonstra que o atuador das pernas do robô tem força suficiente para suspender um piano de meia tonelada.

A ideia, segundo o anunciado na ocasião, é colocar o Optimus à venda em um futuro não muito distante, entre cinco a dez anos. Ele deve custar cerca de US$ 20 mil (algo em torno de R$ 100 mil, em conversão direta).

Com informações: Tesla, The Verge

Receba mais sobre Tesla na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados