Super Mario 64 ganha versão 4K não-oficial para PC

Super Mario 64 aceita controle de Xbox e foi compilado como um jogo feito nativamente para Windows 10

André Fogaça
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
super mario 64 menor

Uma versão de Super Mario 64 apareceu na internet rodando em resolução 4K, com alta taxa de frames por segundo e sem reclamar da vida. O que difere este feito de um emulador qualquer que existe no mundo faz tempo, é que quem conseguiu rodar o jogo fez isso nativamente no Windows 10.

A versão criada de Super Mario 64 apresenta recursos que não existiam no jogo original, como modo de tela widescreen em 4K (2160p), com 60 quadros por segundo e que utiliza DirectX12 para rodar. Só por comparação, o jogo de 1996 rodava em 240p e em 30 quadros por segundo, quando não colocava esta taxa abaixo disso em alguns momentos.

Mesmo com um banho de resolução e o dobro de quadros por segundo, as texturas estão no mesmo nível de detalhe do final dos anos 90, só foram retrabalhados para aumentar a quantidade de pixels e isso fica claro nos sprites em 2D que estão por todos os lados, além de texturas como as grades. Mesmo rodando nativamente, o tal Super Mario 64 utiliza apenas 17% de uma GTX 1080 e consome em média 3,5 GB da RAM.

O site PCGamer afirma que rodou o game e Mario foi controlado por um controle de Xbox. O arquivo para rodar o jogo está disponível em alguns fóruns da web e você precisa utilizar seu conhecimento de buscas para encontrar, já que a Nintendo não vai gostar do Tecnoblog se o link aparecer por aqui, né?

Se você esperar um pouquinho, é bem provável que o Nintendo 64 seja emulado dentro do Switch, junto ao serviço Nintendo Switch Online e que já oferece diversos games de Super Nintendo e NES, com suporte para telas novas e em alta resolução – 1080p, não 4K.

Com informações: PCGamer e Engadget.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
André Fogaça

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Canal Exclusivo

Relacionados