Início / TB Responde / Aplicativos e Software /

O que é branch em programação?

Saiba o que é branch; entenda também a importância desse sistema na implementação de recursos e correções em um software

Wagner Pedro

Por

TB Responde
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Para evitar erros na hora de modificar ou inserir alguma funcionalidade em um software, os desenvolvedores recorrerem a um sistema de branch que permite realizar alterações sem comprometer o código estável, eliminando qualquer risco de problemas. Mas, afinal, o que é branch? Abaixo, vou te explicar mais detalhes sobre o termo.

Branch, ou ramo em português, é uma cópia das linhas de código de um software gerenciada por um sistema de controle de versão (VCS). A ramificação serve para ajudar as equipes de desenvolvimento a consertar bugs e inserir funções, separando o trabalho em andamento do código testado e estável.
O que é branch? (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Em um VCS (Git, TFS, SVN ou Clearcase), a base do código ganha o nome de tronco, linha de base, mestre ou linha principal. As ramificações — originadas direta ou indiretamente da linha principal –– permitem que os desenvolvedores testem novas funções isoladamente, mantendo o programa estável.

Imagine que o desenvolvedor precisa modificar uma função de um software, mas ao fazer isso, existe a possibilidade dele “quebrar” algo que já estava funcionando. O branch é a solução perfeita, pois cria uma ramificação do código principal para que seja possível fazer alterações sem nenhum tipo de problema.

É importante ressaltar que uma ramificação não depende da outra para ser desenvolvida. Isso significa que o primeiro branch não sofre alterações quando os desenvolvedores criam outros para consertar bugs ou inserir novos recurso. Assim que as modificações estão prontas, basta juntá-las no branch principal e levá-las para o código estável.

No entanto, esse processo requer atenção, pois cada desenvolvedor precisa determinar onde mesclar o código para evitar erros, já que os VCS não têm uma boa integração entre as ramificações. Para resolver isso, as empresas implementam scripts complexos nos próprios VCS ou entregam uma estratégia de ramificação precisa.

Diferença entre branch local e branch remoto

O branch local, como o próprio nome sugere, consiste em ramificações do código que apenas um desenvolvedor tem acesso, ficando disponível localmente em seu computador. Essa estratégia costuma ser adotada em projetos individuais.

O branch remoto, por outro lado, coloca as ramificações em um local que pode ser acessado remotamente por outros desenvolvedores. Dessa forma, é possível trabalhar em conjunto no mesmo projeto para agilizar a criação de novos recursos e melhorar a resolução de problemas.

Com informações: Perforce e TheSassWay.