O que é CVE? [Exposição e Vulnerabilidades]

Amplo cadastro de ameaças e vulnerabilidades de softwares; saiba o que é CVE e qual sua importância em cybersecurity

Leandro Kovacs
Por

Assim que são descobertas, as vulnerabilidades podem se tornar perigosas para ataques de hackers. Veja abaixo, o que é CVE e como funciona esse cadastro internacional de ameaças e vulnerabilidades de softwares, visando a proteção dos sistemas como um todo.

O que é CVE (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
O que é CVE (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A definição de CVE

A sigla CVE — Common Vulnerabilities and Exposures — é uma lista de registro de ameaças e vulnerabilidades identificadas em softwares. Normalmente, ao se referir a CVE, a pessoa acaba indicando um número ID específico que cada registro na plataforma possui, organizando o catálogo.

Os alertas de segurança emitidos por fornecedores ou pesquisadores quase sempre mencionam pelo menos um ID CVE. Os CVEs ajudam os profissionais de TI a coordenar seus esforços para priorizar e abordar as vulnerabilidades, tornando os sistemas de computador mais robustos e seguros.

Como funciona e quem está por trás do CVE?

O programa CVE é supervisionado pela corporação Mitre, com financiamento da Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura (CISA), parte do Departamento de Segurança Interna dos EUA.

As entradas CVE não incluem dados técnicos ou informações sobre riscos, impactos e correções. Esses detalhes aparecem em outros bancos, incluindo o Banco de Dados Nacional de Vulnerabilidade dos EUA (NVD), o Banco de Dados de Notas de Vulnerabilidade CERT/CC e várias listas mantidas por fornecedores e outras organizações.

Nesses diferentes sistemas, os CVE IDs oferecem aos usuários uma maneira confiável de reconhecer vulnerabilidades exclusivas e coordenar o desenvolvimento de ferramentas e soluções de segurança. A corporação Mitre mantém a Lista CVE, mas uma falha de segurança que se torna uma entrada CVE é frequentemente enviada por organizações e membros da comunidade como uma identificação primária.

Informações exibidas sobre um determinado ID CVE: breve descrição, referências com informações mais completas, empresa ligada ao alerta (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)
Informações exibidas sobre um determinado ID CVE: breve descrição, referências com informações mais completas, empresa ligada ao alerta (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Qual a sua importância na segurança?

Usuários preocupados em expor seus sistemas a falhas ou profissionais especializados em cybersecurity precisam se antecipar nas informações. A função do CVE é tão grande em alertar que, inclusive, hackers mal-intencionados pesquisam para ter informações e criar novos ataques.

O registro é muito amplo, então alguns pilares são importantes para nortear o usuário que fará sua pesquisa no CVE.

Conheça os sistemas que você usa

Só porque existe um CVE não significa que o risco se aplica ao seu ambiente e trabalhos específicos. Leia cada CVE e entenda o cenário, definindo que se aplica totalmente ou parcialmente ao sistema operacional, aplicativo, módulos e configurações de seus sistemas.

Faça gestão de vulnerabilidades

O gerenciamento é um processo repetitivo para identificar, classificar, priorizar, corrigir e reduzir vulnerabilidades. Isso significa entender como um risco se aplicaria à organização ou sistema para priorizar adequadamente quaisquer exemplos que fiquem pendentes e precisam de uma ação mais ativa.

Comunicação

Seja de forma interna, no caso das organizações, ou com seus amigos que podem sofrer com a mesma ameaça, esteja pronto para comunicar.

Obviamente, no caso das empresas isso deve ser priorizado, os CVEs afetarão os sistemas da organização, tanto por conta das vulnerabilidades quanto por qualquer possível tempo de inatividade necessário para resolvê-las.

Comunique-se e coordene com seus pares internos e compartilhe as vulnerabilidades com qualquer função central de gerenciamento de riscos da organização.

Agora sabemos o que é CVE e sua importância para prevenir problemas de vulnerabilidade. Basta criar o hábito de verificar novas atualizações, são muitas entradas com novos IDs CVE importantes para cada caso. Boa sorte.

Com informação: CVE, Red hat, Balbix.

Leandro Kovacs

Ex-autor

Leandro Kovacs é jornalista e radialista. Trabalhou com edição audiovisual e foi gestor de programação em emissoras como TV Brasil e RPC, afiliada da Rede Globo no Paraná. Atuou como redator no Tecnoblog entre 2020 e 2022, escrevendo artigos explicativos sobre softwares, cibersegurança e jogos.

Relacionados

Relacionados