Início / TB Responde / Computador /

O que é mainframe?

Saiba o que é mainframe; entenda também como esse computador de alto desempenho é usado por grandes empresas

Wagner Pedro

Por

TB Responde
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Para movimentar um grande volume de dados, muitas empresas recorrem a um mainframe. Esse computador é capaz de processar as informações de milhares de usuários ao mesmo tempo, algo extremamente útil em diversos setores. Abaixo, vou te explicar o que é mainframe, como ele é usado atualmente e as diferenças para um servidor.

Mainframe é um computador projetado para processar um grande volume de dados simultaneamente. Ele pode ser usado em diversos setores, como em bancos, universidades, empresas de aviação e muito mais.
Mainframes são essenciais para muitas empresas (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Mainframe é um computador de alto desempenho normalmente usado no processamento de dados em larga escala. Além de oferecer mais “poder de fogo” na hora de executar tarefas, ele também entrega uma maior segurança quando comparado a uma máquina comum.

Na década de 50 e 60, esses computadores ocupavam um grande espaço e precisavam de uma sala especial para funcionar corretamente. Felizmente, esse cenário mudou e hoje um mainframe moderno tem menos de 3 metros de altura, sendo bem parecido com uma geladeira.

Usos de um mainframe

Considerando que um mainframe consegue processar um grande volume de dados em tão pouco tempo, seu uso é essencial em diversas áreas, como em bancos, empresas de aviação, universidades, governos, saúde, seguros e serviços públicos, por exemplo.

As maiores instituições bancárias do mundo são as que mais recorrerem a mainframes para executar suas principais operações, já que diversas interações com o cliente, como transações com cartão de crédito e caixas eletrônicos, necessitam de um processamento online de alto volume e em tempo real para serem concluídas.

Quais as diferenças de um mainframe para um servidor

  • São mais potentes: mainframes executam cerca de 2,5 bilhões de transações por dia, enquanto que um servidor comum pode fazer 300 por segundo, resultando em 26 milhões por dia;
  • Tem softwares exclusivos: a maioria dos mainframes rodam softwares escritos em linguagens como COBOL, enquanto que outros entregam seus próprios sistemas operacionais. Isso cria uma certa “limitação”, já que não é possível levar seu trabalho para servidores comuns. No entanto, as empresas podem enviar as operações de um servidor para esses computadores, pois eles conseguem rodar Linux usando virtualização;
  • São maiores: fisicamente, um mainframe é maior. Apesar de não ser enorme como na década de 50 e 60, já que a tecnologia evoluiu bastante, ele ainda ocupa mais espaço que um servidor;
  • Custam mais: um único mainframe pode custar cerca de US$ 75.000. Esse valor supera (e muito) os US$ 2.000 ou US$ 3.000 de um bom servidor x86.

Pronto, agora você já sabe o que é mainframe e qual o papel desse computador na indústria.