O que é VLAN?

Com a intenção de separar redes, essa tecnologia é usada por empresas e lares; entenda mais sobre o que é VLAN, seus usos e benefícios

Ricardo Syozi
Por

Trazendo vantagens em quesitos como segurança e dinamismo, uma rede virtual de área se faz necessária em companhias, mas também em residências. A criação de sub-redes é bastante útil, facilitando a vida de administradores no gerenciamento como um todo. Se quer saber mais sobre o assunto, venha comigo e confira nas próximas linhas o que é VLAN.

O que é VLAN?

A Virtual Local Area Network (VLAN) é uma rede independente que visa se conectar e se comunicar a redes físicas através de domínios de broadcast. É uma forma de separação lógica para melhorar a administração, o desempenho e a segurança.
Definição de VLAN (Imagem: Tecnoblog)

É importante entender que o uso de uma Virtual Local Area Network serve para criar uma comunicação entre uma ou mais LANs (Local Area Network) como se elas estivessem conectadas por um cabo. A grande diferença é que tudo é feito de forma lógica e não física, aumentando enormemente a sua flexibilidade.

Assim, é possível fazer uma separação da rede tangível existente em várias redes virtuais, cada uma com o seu próprio domínio de broadcast. Toda a comunicação acaba sendo feita através de um roteador conectado em cada rede, mas funcionando de forma independente.

Os tipos de VLAN mais comuns são:

  • Por porta: O tipo mais usado por ser mais simples de entender e configurar. Aqui, o administrador define qual a porta cada equipamento irá pertencer a partir de um switch. Assim, é possível, por exemplo, separar uma VLAN de telefonia e outra para dados;
  • Por MAC Address: Usando o número único da porta de ethernet de cada aparelho, o administrador cria um tipo de tabela no switch indicando a rede virtual que será conectada. Essa é uma forma mais difícil de configurar, porém oferece maior flexibilidade;
  • Por protocolo: Antigamente havia muitas outras formas de protocolo em uma rede além do IP. Com isso, o administrador podia criar grupos dentro do switch para separar cada rede virtual e conectá-la a um protocolo específico. Um tipo já não mais usado hoje em dia.
VLAN
Você pode renomear cada rede da forma que achar melhor (Imagem: Tecnoblog)

Benefícios e utilidade da VLAN

Separar a sua rede parece muito legal, algo que hackers fariam para impedir o vazamento de seus dados. Porém, além dessa parte “divertida”, há algumas vantagens que valem o destaque na hora de falarmos sobre as redes virtuais de área.

Com a divisão dos domínios de broadcast é possível isolar serviços, garantindo uma segurança superior às informações. Por exemplo: em uma residência, você pode separar a rede para trabalho, uso casual, celulares e, até mesmo, para visitas. Impedindo, assim, que pessoas indesejadas consigam acessar dados importantes.

Outro benefício interessante é a melhora na performance. Já que cada sub-rede trabalha de forma independente, garantindo que cada solicitação de transferência de informações dentro do segmento virtual não passe pelo switch central. Com isso, tempos de carregamento são menores.

Por último, vale destacar que em empresas, a VLAN é usada quando há muitos dispositivos conectados à LAN, movimentando um alto volume de tráfego. A partir daí, se faz necessário separar a rede local para que uma não enxergue a outra ou para simplesmente aumentar a velocidade da transmissão de dados.

No geral, é importante conhecer e, se possível, tentar usar esse tipo de rede em sua casa ou empresa. Em minha residência, separamos para dois usos: o pessoal e o de trabalho. Assim, garantimos que dados de grande relevância fiquem direcionados para seus respectivos propósitos.

Você considera necessário usar a rede virtual local de área? O que faltou nesse artigo? Conta pra gente!

Com informações: Kaspersky.

Ricardo Syozi

Repórter

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Relacionados

Relacionados