Início / TB Responde / Aplicativos e Software /

O que é WPS?

WPS significa Configuração Protegida de Wi-Fi e tem o objetivo de facilitar a conexão de dispositivos móveis com roteadores

Leandro Kovacs

Por

TB Responde
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Sabe quando você recebe visitas em casa e os convidados te pedem a senha do Wi-Fi, só que em momentos diferentes, e você tem que ficar repetindo o tempo todo? A solução para isso está no WPS, um padrão que facilita a conexão de dispositivos com roteadores. Veja abaixo o que é o WPS, como ele funciona e se é seguro, apesar da agilidade.

O que é WPS? (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

WPS significa Wi-Fi Protected Setup, ou em português, Configuração Protegida de Wi-Fi. Corresponde a um padrão (um botão presente em muitos roteadores) que tem como objetivo facilitar a conexão de um dispositivo sem fio com um roteador, sem ser necessário inserir uma senha.

Tudo isso acontece por conta do protocolo criptografado que cria um PIN dentro do roteador. Assim, esse PIN é usado para conectar o dispositivo móvel ao SSID (Service Set Identifier), que nada mais é do que “nome” da sua rede de Wi-Fi que aparece no dispositivo ao buscar conexões.

É importante lembrar que neste tipo de conexão a senha não é criada ou modificada pelo usuário. Por padrão, é gerada automaticamente. Além disso, o WPS funciona apenas em roteadores que usam senha protegida com os protocolos de segurança WPA (Wifi Protected Access Personal) ou WPA2 Wifi Protected Access2.

Ao lado da antena esquerda é possível ver um botão. Esse é um exemplo de botão WPS em roteadores. (Imagem: Compare Fibre / Unsplash)

Interessante, mas pouco seguro

A configuração WPS é interessante pela facilidade que proporciona. Afinal, utilizando a configuração protegida você entra automaticamente em uma rede. No entanto, não é muito segura.

O PIN criado pelo roteador é simples, somente com números. Como não pode ser alterado pelo usuário, isso deixa a conexão vulnerável, se o invasor tiver acesso físico ao roteador. Uma vez conectado, é possível ter acesso à rede e todos os arquivos que transitam nela. Os protocolos são mais seguros somente quando as senhas são feitas com letras, maiúscula e minúscula, números e caracteres especiais.

Com uma busca rápida na internet encontramos diversos softwares, criados para decodificar o PIN de um roteador que utiliza WPS, utilizando da força bruta para descobrir o código.

Diante dessas possibilidades de ataques e vulnerabilidade, o mais recomendado é impor restrições ou desativar o WPS do seu roteador.

Mais informações: How-to Geek, Techopedia e GeeksforGeeks.