bloqueio

Artigos de bloqueio

Não Me Perturbe: bloqueio de telemarketing é expandido para bancos

às 17h18 por

O cadastro Não Me Perturbe foi lançado em 2019 para bloquear ligações indesejadas de operadoras de telefonia e TV a cabo, incluindo Claro/NET, Oi, Sky, TIM e Vivo. Agora, o serviço está sendo expandido para bancos: aposentados e pensionistas poderão barrar chamadas com ofertas de empréstimo e cartão de crédito consignado vindas do Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Inter, Itaú, Santander e outros.

Não Me Perturbe recebe 1,5 milhão de cadastros em uma semana, diz Anatel

às 17h51 por

O site Não Me Perturbe foi lançado há apenas uma semana e já tem quase 1,5 milhão de cadastros para bloquear ligações de telemarketing das operadoras Algar, Claro/NET, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo. A Anatel lembra que esse serviço não substitui as listas de bloqueio dos Procons no Distrito Federal e em estados como São Paulo e Minas Gerais.

Procon-SP alerta Anatel por informação errada no site Não Me Perturbe

às 11h29 por

O site Não Me Perturbe foi criado pelas operadoras por determinação da Anatel para bloquear ligações de telemarketing da Algar, Claro/NET, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo. A seção de perguntas frequentes dava a entender que esse serviço substituía o cadastro Não Me Ligue da Fundação Procon-SP, o que não é verdade; por isso, a agência de telecomunicações foi notificada para alterar o texto.

Você já pode solicitar o bloqueio de ligações de telemarketing das operadoras

às 09h39 por

Ninguém gosta de receber chamadas indesejadas, principalmente se forem para vender algum serviço. A Anatel estima que pelo menos 30% das ligações de telemarketing são relacionadas às operadoras de telefonia, que finalmente criaram uma forma fácil de bloquear esse tipo de chamada: o Não Me Perturbe. Claro, Oi, TIM e Vivo formam plano para combater ligações abusivas de telemarketing

Tecnocast 101 – A muralha chinesa

às 19h23 por

Pela primeira vez o CEO do Google, Sundar Pichai, falou abertamente sobre a ideia de levar o buscador novamente para o mercado chinês. Ele confirmou a existência do projeto Dragonfly, uma versão censurada do Google, desenvolvida para se adequar às regras do partido comunista. Se submeter à censura levanta dilemas éticos – os próprios funci

Irã bloqueia Google e se prepara para sair da internet

às 13h27 por

Ontem o governo iraniano declarou na TV que iria bloquear o acesso ao Google e ao Gmail, impedindo que os moradores do país usassem os serviços. O bloqueio é o primeiro passo de um plano com objetivo ainda mais assustador: retirar completamente o país da internet, criando uma rede apenas interna isolada do resto do mundo. Segundo o ministro das comunicações e tecnologia, Ali Hakim-Javadi, agências do governo já começaram a se conectar na chamada "rede nacional da informação" e nos próximos meses os demais cidadãos deverão ser redirecionados a ela.