Pesquisa

Microsoft mostra pulseira que detecta movimento dos dedos

09/10/2012 às 12h56 por

Responsável pela criação de brinquedinhos como o Kinect e o Surface, o Microsoft Research mostrará em uma convenção sobre interfaces do usuário uma pulseira capaz de detectar movimentos finos da mão, abrindo caminho para uma série de inovações que um dia poderão chegar às ruas. Ainda um protótipo em fase inicial de desenvolvimento

Cientistas explicam como armazenar 700 TB de dados em um grama de DNA

21/08/2012 às 08h59 por

Esqueça dos tradicionais HDs e das unidades SSD. No futuro, existe uma boa chance de você substituir as atuais tecnologias de armazenamento com discos magnéticos ou unidades de memória flash para guardar seus dados, como músicas, filmes e documentos, por "discos" feitos a partir de seu próprio DNA. Pelo menos é o que prometem George Church e Sri Kosuri, dois pesquisadores da Universidade Harvard, que demonstraram uma maneira de guardar até 70

Smartphones são metade dos celulares nos EUA

14/08/2012 às 10h29 por

Uma pesquisa realizada por uma empresa chamada Cheta Sharman indica que os smartphones agora representam metade dos celulares ativos nos EUA, contra modestos 14% registrados em 2008. De acordo com a empresa, atualmente 70% dos aparelhos móveis vendidos no país são algum tipo de telefone inteligente, contra 37% no resto do mundo.Em maio, uma pesquisa semelhante realizada pela empresa Nielsen tambem apontava que os smartphones representavam metade da fauna de celulares em atividade nos EUA. A dife

Pesquise no Google escrevendo à mão

26/07/2012 às 19h04 por

Depois de pesquisas por voz e imagens, o Google liberou na tarde desta quinta-feira (26) um recurso que permite que usuários de tablets e smartphones façam pesquisas na web escrevendo à mão na tela de seus dispositivos. "A escrita à mão permite que o usuário use seus dedos para escrever as letras em toda a tela de seus aparelhos, sem teclados que ocupam metade da tela ou teclas que devem ser encontradas e pressionadas".

Descoberta científica tornará HDs até cem vezes mais rápidos

07/05/2012 às 11h06 por

Um time de engenheiros descobriu propriedades até então desconhecidas na boa e velha matéria-prima atual de memória e pode ter aberto a porta para uma nova geração de equipamentos. A descoberta tornará cartões, discos rígidos, mídias compactas e sistemas computacionais bem mais capazes de reter e manter dados, muito mais rápida e permanentemente que as memórias que conhecemos. E o melhor: não custará nada além daquilo que já gastamos hoje. A equipe do Departamento de Engenharia e Ciência de Materiais d

Pesquisadores usam laser para criar conexão de 1 gigabit

04/05/2012 às 10h32 por

Pesquisadores da Universidade de Taipei, de Taiwan, estão trabalhando em uma nova tecnologia de transmissão de dados baseada nos frugais apontadores lasers (aqueles usados com apresentações de PowerPoint). Testes iniciais em laboratório mostraram que um único feixe de laser foi capaz de atingir a espantosa velocidade de 500 megabits por segundo. E usando equipamentos que não são exatamente a última palavra da tecnologia. Batizada de Visible Light Communication System (ou sistema de comunicação por luz visível) a novidade ainda está em fas

Desktop 3D virtual da Microsoft coloca janelas virtuais na ponta dos dedos

28/02/2012 às 16h29 por

Em mais uma demonstração de que a empresa investe continuamente em pesquisa e desenvolvimento, a Microsoft revelou o protótipo de mais um dos seus projetos. Chamado provisoriamente de desktop 3D interativo, ele não é tão simplista assim, porém, é concebido com um raciocínio extremamente enxuto e oferece uma das alternativas mais simples para a morte do desktop como conhecemos hoje. [embed]http://www.youtube.com/watch?v=oGa1Q7NvsI0[/embed] (Vídeo no YouTu

População da web chega ao incrível número de 2.100.000.000

18/01/2012 às 19h48 por

Enquanto no último mês de outubro o mundo offline chegou a assustadores 7 bilhões de habitantes, em março de 2011 a internet chegou a uma respeitável população de 2,1 bilhões de pessoas, afirma um estudo da empresa Pingdom divulgado na quarta-feira. Desta maneira, o número de usuários da web superou a população mundial no início da década de 1930, que era de 2,07 bilhões. De acordo com a empresa, no ano 2.000 a população da rede era de apenas 360 milhões de conexões. O continente mais populoso da web é a Asia, com 922 milhões de acessos, que

Cientistas utilizam o DNA de salmões para o armazenar dados

11/01/2012 às 19h30 por

Cientistas da Universidade Nacional de Tsing Hua (Taiwan) e do Instituto de Tecnologia de Karlsruhe (Alemanha) criaram um dispositivo de memória que combina electrodos, nanopartículas de prata e… DNA de salmão. Isso mesmo.O silício é um metalóide com um número atômico de 14 e fica exatamente entre o Carbono (acima) e o Germânio (abaixo) na tabela periódica de elementos, caso sua primeira professora de química não tenha chamado tanto a sua atenção quanto a minha. É o oitavo e

Japoneses criam o primeiro cabo de energia que estica

30/11/2011 às 17h23 por

Diferente dos demais eletrônicos, cabos de energia não acompanham a evolução tecnológica. Sim, concordo que talvez eles não precisam acompanhar, só mesmo mudar de formato para serem encaixados em buracos diferentes. Mas sabemos que podem ter funcionalidades diferentes, como a Apple demonstra com o seu magsafe, que já está no mercado há anos. Foram os japoneses (sempre eles!) que finalmente trouxeram algo diferente para essa área: os cabos de energia elásticos. A invenção é da empresa japonesa Asahi Kasei e eles dizem que a inspiração do projeto

WiFi de notebook pode prejudicar esperma, diz pesquisa

29/11/2011 às 20h30 por

Um estudo conduzido por pesquisadores argentinos sugere que as ondas de WiFi podem ser prejudiciais à fertilidade masculina, reporta a agência de notícias Reuters. De acordo com o levantamento realizado pela clínica Nascentis Medicina Reproductiva, as ondas eletromagnéticas emitidas por laptops e outros dispositivos móveis afetam na integridade e mobilidade do esperma humano. Durante o teste, amostras de

Facebook reduz os 6 graus de separação para 4,74

23/11/2011 às 08h32 por

Enquanto o conhecimento popular geralmente prega que todas as pessoas do mundo estão separadas no máximo por seis graus de separação, um levantamento divulgado no começo desta semana pelo Facebook em conjunto com uma universidade italiana mostra um número menor. Segundo os dados angariados de milhões dos seus membros, as pessoas da conhecida rede social estão separadas em média por 4,74 amigos. Segundo o site, os atuais 721 milhões de usuários ativos (mais de 10% de toda população mundial, como eles próprios apontam) compõem 69 bi

Carregar mais posts