unity

Artigos de unity

Tudo novo de novo: Ubuntu vai mudar por completo o sistema de menus

às 15h30 por

Se você achava que o Unity era o máximo que a Canonical conseguiria fazer para simplificar o uso do Linux, é bom pensar melhor: conheça o HUD, novo sistema de menus do Ubuntu que funciona todo através do teclado, sem precisar do mouse. O HUD (Head-Up Display) foi apresentado pelo próprio Mark Shuttleworth em seu blog, e provavelmente trata-se de uma das maiores revoluções na área de interfaces para usuários. Desde

Ubuntu 11.04: como mudar o tamanho dos ícones no lançador

às 16h40 por

Uma das maiores reclamações com relação ao Unity do Ubuntu 11.04 é a complexidade - ou até mesmo impossibilidade - de personalizar alguns itens do ambiente. Uma reclamação muito comum, por exemplo, é o tamanho dos ícones do lançador de aplicativos à esquerda da tela. Em netbooks ou equipamentos com monitores pequenos, o tamanho é exagerado. Em monitores maiores, alguns podem achar que o tamanho é pequeno demais. Que tal então mudar o tamanho dos ícones para que eles fiquem do jeito que você

Tudo sobre o Ubuntu 11.04

às 16h35 por

Finalmente! Depois de muita especulação, mudanças drásticas, brigas com a comunidade e até mesmo a dúvida do gerenciador de janelas padrão, o Ubuntu 11.04 já está disponível para download, trazendo várias novidades e diversas mudanças na interface. Então, enquanto o download não termina, que tal pegar um copo de café e acompanhar com a gente as principais novidades na mais nova versão do Ubuntu? Antes de mais nada: sim, o tão comentado Unity é o gerenciador de janelas padrão do Ubun

GNOME 3 finalmente é lançado

às 18h02 por

Depois de um bom tempo de desenvolvimento e muita discussão entre usuários e desenvolvedores, finalmente a primeira versão estável do GNOME 3 é lançada, trazendo centenas de mudanças na usabilidade e na experência do usuário (algumas drásticas, outras muito bem-vindas). Mas calma, porque pelo menos por enquanto não há pacotes já prontos para as distribuições mais utilizadas. Tratar o GNOME 3 como uma evolução do GNOME 2 é um erro; as mudanças foram tantas que pelo menos por algum tempo você provavelmente ficará perdido t