Arquivo Aplicativos e Software

Ubuntu 13.04 dirá à Canonical onde você está sempre que usar a busca online

Sistema de pesquisa levanta dúvidas sobre privacidade

Paulo Graveheart
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Ao que tudo indica, a Canonical vai ter que travar mais uma guerra com usuários veteranos e também com aqueles que se preocupam com a privacidade online: a partir do Ubuntu 13.04, a busca online do sistema enviará para os servidores do serviço vários dados novos, incluindo aí os dados de localização geográfica.

Busca online: melhores resultados ou invasão de privacidade?

Busca online: melhores resultados ou invasão de privacidade?

Incorporada recentemente ao Unity, a busca online do Ubuntu já havia atraído muita discussão, justamente por preocupações relacionadas à privacidade. Hoje, ao fazer uma busca pelo Unity, o sistema se encarrega de buscar não apenas nos arquivos e programas locais, como também no Ubuntu One e por fim, em algumas lojas online. Assim, se você busca por um nome de um filme, ele retornará também links para que você compre o DVD ou o Blu-Ray na Amazon.

Obviamente isso levantou muitas dúvidas sobre que tipos de dados são enviados para a Canonical, e como ela utiliza esses resultados de busca (por exemplo, vendendo esses dados para outras empresas).

O Ubuntu possuiu uma opção que permite desligar a busca online, mas muitos consideram que isso não é suficiente, visto que a busca vem ligada por padrão.

Indiferente às criticas, a Canonical parece ter um bom retorno com as buscas online, visto que os planos para o Ubuntu 13.04 estão mostrando várias mudanças e melhorias nessa área. Além da possibilidade de comprar direto pelo Dash, um documento publicado na Wiki da Canonical mostra um projeto chamado “100 Scopes”, que faz parte de uma série de mudanças na forma como a busca online funciona e até mesmo quais lojas farão parte da busca, e como os resultados serão apresentados.

No documento está descrito todo o processo de captura e envio dos dados do usuário, mas o que mais chamou a atenção é a descrição do envio dos dados de geolocalização do usuário para os servidores da Canonical. A medida obviamente serve para melhorar os resultados de busca (trazendo lojas brasileiras no resultado se você estiver no país, por exemplo), mas muitos já estão novamente questionando sobre a privacidade dos dados.

Segundo a Canonical, nenhum desses dados serão vendidos para terceiros, e eles também se comprometem a tratar as informações com o máximo de cuidado. De qualquer forma, não custa lembrar que todas essas opções poderão ser desativadas depois da instalação.

Com Informações: Softpedia

Paulo Graveheart

Ex-redator

Paulo Henrique "Graveheart" é formado em Ciências da Computação e fez parte da equipe do Tecnoblog entre 2010 e 2014, como redator. Participou da cobertura de lançamentos no mundo do desenvolvimento de software, PCs, mobile e games. Também tem experiência profissional como desenvolvedor full-stack e technical lead.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque