Estilo é o principal destaque de Need for Speed Unbound

Nova empreitada da série de corridas da EA tem uma cara bastante única, mas fica devendo na narrativa e na conexão entre campanha e online

Ricardo Syozi
Por
Need for Speed Unbound
Need for Speed Unbound (Imagem: Divulgação / EA)

Quando uma franquia de games alcança uma marca enorme de títulos, é comum notarmos uma estagnação. Cada nova obra adiciona pouco para se destacar, dando a oportunidade para os fãs pularem jogos enquanto esperam algo genuinamente inédito. Need for Speed sofre desse mal, com muitos subtítulos prometendo renovação. Unbound é a mais recente promessa, apresentando muito estilo em cada curva. No entanto, a jogabilidade é mais uma vez um sinal amarelo.

Já vi essa campanha antes

Não é todo jogador que se interessa pela narrativa da série de corridas da EA. A história de Need for Speed Unbound faz jus a esse pensamento, oferecendo personagens extremamente sem sal e reviravoltas dignas de um Velozes e Furiosos. Para não dar spoilers, digamos que rola traições e aquela sensação de se reerguer depois de uma derrota.

Se o jogador conseguir se focar exclusivamente nos rachas, há muita diversão para encontrar aqui. Especialmente por tudo rodar a 60 quadros bem estáveis. Contudo, é difícil ignorar as falas clichês do protagonista e de seus amigos. Durante a minha jornada, eu revirava os olhos toda vez que uma cutscene surgia ou alguém falava comigo no rádio do carro. Os diálogos de novela adolescente ocorrem o tempo todo.

As missões são padrão para o gênero, desde corridas longas a entregas de carros no menor tempo possível. É divertido participar das disputas e juntar a grana para novas aquisições, mas nada que não vimos em títulos anteriores da franquia.

Porém, é importante apontar que os carros e a pontuação da campanha são distintos do modo online. Isto é, você vai precisar jogar ambos e progredir separadamente.

Need for Speed
Uma de suas rivais no game (Imagem: Divulgação / EA)

Mundo aberto… de novo

Faz tempo que não me sinto tão à vontade para apontar semelhanças entre jogos. Entretanto, a verdade é que Need for Speed Unbound é muito parecido com Heat, lançado em 2019. O mundo aberto traz elementos comuns no gênero como colecionáveis e missões paralelas que oferecem estrelas.

Se em Heat você precisa destruir estátuas de flamingos, outdoors e coletar arte de rua, em Unbound você deve destruir estátuas de ursos, outdoors e coletar arte de rua. Ou seja, se você jogou o título desenvolvido pela Ghost, vai se sentir mais do que em casa ao dar a largada na produção da Criterion.

Missões extras como alcançar um certo limite de velocidade ou dar um salto gigantesco também fazem parte do mapa. Assim como já vimos em Forza Horizon e tantos outros exemplos de corrida em mundo aberto.

Como eu disse, se o que você procura é exatamente esse mais do mesmo, então não lhe faltará diversão nas ruas do game.

A boa notícia é que há muito estilo e uma cara bastante exclusiva em Unbound. Toda a arte em cel shading dá um toque especial ao título, garantindo que ele se destaque em meio a outras obras da série. Adquirir novos itens cosméticos ajuda a deixar a aventura com a cara do jogador.

Por fim, a trilha sonora pode agradar tanto quanto desagradar, só depende do gosto pessoal da pessoa. Eu não curti nem um pouco.

Need for Speed Unbound
Unbound tem uma cara única (Imagem: Divulgação / EA)

Need for Speed Unbound diverte, mas não inova

Como mencionei no começo desse artigo, eu sei que é difícil trazer muitos elementos novos a uma franquia de sucesso. Muitos fãs não querem essa mudança, pois acreditam que o jogo pode “perder a essência” no processo.

Por outro lado, senti que o time da Criterion decidiu jogar de forma segura ao trabalhar em Unbound. Ao adicionar novidades apenas no visual, os desenvolvedores conseguiram manter o conteúdo principal da série. Infelizmente, eu acho que essa preocupação acabou fazendo com que esse título se torne apenas mais uma empreitada e nada mais.

Se tudo o que você quer é correr, melhorar seu carro e colecionar veículos, então o game oferece tudo isso. Mas se busca inovação, você não vai encontrar em Need for Speed Unbound.

Ele está disponível para Xbox Series, PlayStation 5 e PCs.

Relacionados

Relacionados