Um empregado da Foxconn, empresa que fabrica aparelhos eletrônicos para outras companhias entre eles o iPhone para a Apple, cometeu suicídio após o desaparecimento de um exemplar do protótipo da futura geração do aparelho da Apple.

De acordo com os sites de noticias chineses, Sun Danyong, de 25 anos, era o responsável pelo envio de 16 protótipos do iPhone para a sede da Apple em Cupertino, porém somente 15 protótipos foram recebidos, o que fez a Foxconn abrir uma investigação para encontrar o aparelho desaparecido.

Linha de produção da Foxconn

Sun se jogou pela janela de seu apartamento no 12º andar pouco tempo depois da notificação de que seria feita uma busca em sua casa pelo protótipo desaparecido. No momento já correm rumores de que o suicido possa ter sido causado por maus tratos por parte da empresa aos seus funcionários e que aparentemente se confirma com a resposta oficial da Apple ao ocorrido.

“Nós estamos tocados pela trágica perda deste jovem trabalhador e estamos aguardando os resultados das investigações sobre sua morte”, disse Kristin Huguet, porta-voz da Apple. “Nós pedimos que nossos fornecedores tratem todos seus funcionários com respeito e dignidade.”. Se as alegações sobre maus tratos se confirmarem, será a segunda vez que a Foxconn se envolve neste tipo de notícia, a primeira vez foi quando admitiu quebrar as leis trabalhistas chinesas. Espera-se que a Apple tome alguma decisão definitiva sobre o assunto, mesmo que isso significa a troca de fornecedor podendo resultar em mudanças no preço de seus produtos. [Cnet]

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação