Início » Internet » BitTorrent Now é uma plataforma (legal) de streaming de áudio e vídeo

BitTorrent Now é uma plataforma (legal) de streaming de áudio e vídeo

Foco são artistas independentes e modelos de remuneração mais interessantes

Por
3 anos atrás

Nesta quinta-feira (23), o BitTorrent renovou sua plataforma antes chamada de Bundle e a rebatizou de BitTorrent Now. O serviço busca atrair mais artistas com um modelo de remuneração diferente. E também mais usuários, com novos aplicativos e interface web refinada.

2a-ed

email-premium-bittorrent-now

Com mais de 200 milhões de usuários e 30 mil artistas, o serviço conta com Major Lazer, que produziu Lean On com DJ Snake e Mø (foi o único conhecido que eu encontrei). A remuneração diferenciada visa atender artistas independentes, para que todos possam publicar seu trabalho e ganhar com paywall ou anúncios — mas nada de conteúdo pirateado por lá.

O artista ganha 70% da receita dos anúncios ou 90% do “paygate”, que libera uma prévia e cobra pelo resto do conteúdo — o álbum Tomorrow’s Modern Boxes de Thom Yorke, por exemplo, custa US$ 6, mas é possível assistir a um vídeo da primeira música gratuitamente.

Além dessas duas maneiras de remuneração, artistas podem criar “arquivos premium“, que podem ser obtidos pelos usuários por meio de uma inscrição na lista de e-mails. Gratuitamente, os criadores podem permitir que os usuários baixem alguns arquivos (um álbum do Major Lazer tem sete à disposição) e deixe outros, seja áudio ou vídeo, “bloqueados” para o usuário recebê-los no e-mail. Ele também será notificado de conteúdo exclusivo para os fãs.

2b-bt-now-device-phones

Um fato interessante: apesar da BitTorrent ser líder na tecnologia peer-to-peer (P2P), o BitTorrent Now usa o mecanismo de streaming tradicional, de um servidor central. A intenção é migrar para a estrutura P2P só mais tarde. Ao Engadget, um porta-voz da empresa disse que a decisão foi para lançar a plataforma mais rapidamente, já que a construção de um streaming exclusivamente em P2P demandaria tempo.

Mas uma das novidades mais importantes para o público é a nova interface para aplicativos móveis, muito bem adaptada ao celular e que pode impulsionar a chegada de mais usuários. Antes, só o site do Bundle podia ser usado para baixar o conteúdo, mas agora os apps conseguem fazer uma sincronização com o site e disponibilizar o que você já pagou direto no celular. Se o conteúdo é grátis e o artista escolheu mostrar anúncios, eles aparecerão antes da música ou vídeo começar.

iOS-iPhone6-straight

Se você gostar do que está ouvindo, poderá adicionar o conteúdo à lista de favoritos (uma espécie de biblioteca) e baixá-lo diretamente no celular. Para estimular a descoberta de conteúdo interessante, o BitTorrent dedicou uma equipe para curar músicas e tem seções como Novos Lançamentos e Tendências. Ainda não há artistas muito famosos, mas é interessante ver que os independentes podem divulgar suas obras e receber razoavelmente por isso.

Apesar de todas as imagens de divulgação serem do aplicativo rodando em um iPhone, o BitTorrent Now só funciona no Android. A empresa já desenvolveu aplicativos para iOS e até para a Apple TV, mas eles serão lançados em breve. O conteúdo encontrado por lá até que é bem bacana — vide músicas incorporadas abaixo.

Mais sobre: