Início » Computador » Notebooks Acer Predator chegam ao Brasil valendo mais que barras de ouro

Notebooks Acer Predator chegam ao Brasil valendo mais que barras de ouro

A Acer também está trazendo desktops e monitores Predator, todos levando bem a sério o conceito de caro

Emerson Alecrim Por
Predator 17

Predator 17

Pelo jeito, a crise econômica que assola o Brasil não atingiu o segmento gamer. Em abril, a Dell relançou os notebooks Alienware por aqui. Agora, a Acer traz ao país laptops, desktops, monitores e acessórios da linha Predator. O público-alvo são os jogadores que fazem questão de máquinas parrudas, é claro, mas que também estão dispostos a gastar muito. Muito mesmo.

Germano Couy, CEO da Acer no Brasil, explica que o país tem atualmente cerca de 45 milhões de jogadores entre assíduos e eventuais. É um mercado realmente grande e com muito potencial a ser explorado: no universo dos PCs, os desktops dominam com folga, mas o interesse pelos laptops para jogos não para de crescer. O problema, como você provavelmente sabe, é a falta de opções.

Notebooks Predator

Laptop gamer topo de linha precisa ter design que abusa de linhas e luzes, certo? Concorde ou não, os notebooks Predator não fogem dessa premissa. Traços agressivos e LEDs não faltam ali. Mas o que importa mesmo é o hardware e, nesse ponto, a linha Predator não decepciona.

Predator 17

No Brasil, a Acer está lançando os modelos Predator 15 e Predator 17. Sim, o número é uma referência ao tamanho da tela. O primeiro tem display de 15,6 polegadas; o segundo, de 17,3 polegadas. Ambos possuem painel IPS e resolução full HD.

Quando há opções de tamanhos diferentes, é comum que o modelo menor tenha hardware um pouco mais fraco, mas não é o caso aqui. Tanto o Predator 15 quanto o Predator 17 contam com processador Intel Core i7 6700HQ (sexta geração) de 2,6 GHz, 16 GB de RAM DDR4, GPU GeForce GTX 980M com 8 GB de memória GDDR5, leitor / gravador de DVD, webcam full HD e bateria de 6.000 mAh.

Ambos os laptops são oferecidos com duas combinações de armazenamento. A primeira, mais barata, tem SSD de 128 GB e HD de 1 TB. A segunda vem com SSD de 256 GB e HD de 2 TB.

O teclado numérico está presente nos dois modelos da linha

O teclado numérico está presente nos dois modelos da linha

Um hardware como esse empolga, mas também levanta suspeitas sobre o risco de superaquecimento. A Acer jura de pés juntos que isso não será problema: a linha Predator possui dois coolers internos que dão conta do recado, mas o usuário tem a opção de adicionar um terceiro no lugar da unidade de DVD — esse módulo adicional acompanha o notebook. Além disso, o sistema de coolers possui uma tecnologia chamada Acer DustDefender que impede o acúmulo excessivo de poeira.

Outros destaques da linha ficam para a inclusão de quatro portas USB 3.0 — uma é compatível com Thunderbolt 3 —, teclado com retroiluminação LED cujas cores mudam dinamicamente para acompanhar os cenários dos jogos, conjunto de dois alto-falantes com subwoofer e teclas de atalho customizáveis à esquerda (característica exclusiva do Predator 17).

Predator 17 - teclado

Monitores Predator

Jogar em um notebook poderoso é legal, mas a experiência costuma ser mais interessante quando você tem uma tela grande à disposição. É por isso que a Acer também decidiu lançar monitores da linha Predator no Brasil.

São dois modelos. O primeiro é o Predator XB1, que tem painel IPS de 27 polegadas, resolução de 2560×1440 pixels, dois alto-falantes, uma porta HDMI, uma porta DisplayPort e quatro portas USB 3.0. Outro atributo relevante é a compatibilidade com o G-Sync, tecnologia da Nvidia que sincroniza a frequência de atualização da tela com a taxa de renderização gerada pela GPU.

Mas o modelo que roubou a minha atenção foi o Predator X34. Trata-se de um monitor com tela IPS de 34 polegadas, resolução de 3440×1440 pixels, dois alto-falantes e a mesma quantidade de portas que a gente encontra no Predator XB1. O G-Sync também está presente.

Predator X34

Predator X34

O grande diferencial do Predator X34 é a tela curvada. Para ser franco, eu nunca me importei com essa característica, mas, durante a apresentação do produto, pude notar que o display curvado dá uma senhora ajuda na imersão. Imagine então se você puder usar três monitores em conjunto:

Monitores X34

Desktop Predator e notebooks Aspire V Nitro

Além dos notebooks, a Acer promete lançar o desktop Predator G1 no Brasil. Só que este demorará uns dois meses para chegar ao mercado (os laptops e os monitores já estão à venda). A companhia ainda não definiu as especificações, mas já adiantou que o equipamento terá processador Intel de sexta geração, até 64 GB de RAM e GPU da linha GeForce GTX (a família Predator só conta com chips gráficos da Nvidia, vale dizer).

Predator G1

Predator G1

O detalhe em vermelho no lado direito é suporte retrátil para headset

O detalhe em vermelho no lado direito é um suporte retrátil para headset

De olho em quem procura um notebook gamer, porém não faz questão de um topo de linha, a Acer anunciou ainda os notebooks da série Aspire V Nitro. Esses modelos estão abaixo da linha Predator, mesmo assim são bastante poderosos: todos contam com processador Intel Core i7 6700HQ de 2,6 GHz, 16 GB de RAM, 128 GB ou 256 GB de SSD, HD com 1 TB ou 2 TB e GPU GeForce GTX 960M com 4 GB de memória GDDR5.

Aspire V Nitro

Aspire V Nitro

Aqui também há duas opções de tamanho: o Aspire V Nitro vem com tela IPS de 15,6 ou 17,3 polegadas.

Disponibilidade e preços

No evento de lançamento, a Acer forneceu vários detalhes sobre os produtos, mas achei curioso o silêncio em relação aos preços. A empresa não escondeu os valores, mas tratou de fazer o máximo possível para não tocar no assunto. Não surpreende: está claro desde o início que esses equipamentos são para poucos bolsos.

A linha Predator tem ainda acessórios como mouse e headset

A linha Predator tem ainda acessórios como mouse e headset

Com exceção do desktop, todos os produtos já estão à venda em grandes varejistas e no site da própria Acer. Neste, os preços são os seguintes:

  • Predator 15 com 128 GB de SSD e HD de 1 TB: R$ 16.899;
  • Predator 15 com 256 GB de SSD e HD de 2 TB: R$ 17.999;
  • Predator 17 com 128 GB de SSD e HD de 1 TB: R$ 17.999;
  • Predator 17 com 256 GB de SSD e HD de 2 TB: R$ 18.999.

Quanto aos monitores, o Predator XB1 custa R$ 5.199. Já o Predator X34 sai por R$ 7.399. Por fim, os preços da linha Aspire V Nitro começam em R$ 9.999 e vão até R$ 13.699. Pois é.

Todos os equipamentos chamaram a minha atenção pelo cuidado com o acabamento, robustez e, claro, desempenho. Tecnicamente, são produtos excelentes. Mas, diante dos preços, acho que vou continuar sendo um gamer meia-boca mesmo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diogo Mendes
e se vc pegar os atravessadores do forumMM paga ainda mais barato hehehe
pedro freitas
prefiro até alienware pq o atendimento é melhor e é mais barato (mesmo sendo caro, é mais barato que MSI e a própria linha predator da acer) mas a melhor marca de notebooks gamer do brasil é a avell, um notebook com GTX 950M e I5 6300HQ custa 4477 reais no boleto bancário, mas é uma pena que o valor ainda tá caro para a maior parte da população brasileira
Rafael Luiz Duque Estrada
Mas nada de código da Acer né?
Tsuharesu Luciel
7 dias úteis. Comprei pela Americanas, chegou na data estimada deles.
Rafael Luiz Duque Estrada
Amigo. Comprei esse monitor no Walmart, já se passaram 6 dias úteis e não há sinal de entrega, código de rastreio nada ! A Acer costuma ser assim ? Te avisaram quando postaram ? Qto tempo demorou? Agradeço sua resposta.
SR 71 Pássaro Preto

Leva nada, mano, tem mongolóide que compra.

Anthony Fernando
Leva nada, mano, tem mongolóide que compra.
Tiago Celestino
Eu comprei recentemente um iPhone, só comprei porque tive a oportunidade de pegar fora do país, porque aqui é impossível.
LessTech
Que nada. Você se esqueceu que vem com mágica embutida.=P Mas falando sério, se você importar direto em vez de comprar no Brasil, mesmo pagando os 60% de imposto, sai mais barato. A diferença economizada chega a ser de até 30% a depender do produto.
Anayran Pinheiro
A melhor coisa que tem é conversar com profissionais que sabem reconhecer pontos da Dell. Isso por si só me mostra que a Dell sabe selecionar bem seus funcionários, só precisa saber precificar seus serviços de forma mais justa. Obrigado pela ótima resposta, meu caro! =D p.s.: Eu sei que tu não respondeu em nome da Dell, viu? XD
Marcos Guilherme
Por isso montei meu próprio PC gamer, i5, 8gb de memória RAM, 1tb, placa de vídeo 256 bits, ddr5, 2gb. fonte 500w real, pronto já rodo qualquer game na atualidade e tudo por um pouco mais de 3.000 reais.
Jonatas Barbosa
Ótimos produtos! mais o preço desanima qualquer um :/ deixa eu ser feliz com meu desktop mesmo... Empresas grandes como; Dell, Apple e etc... tem que começar sair do mundinho delas e entrar na realidade dos país em que eles oferecem os produtos.
Feripe Hatsune
E com certeza vão jogar a culpa na crise.
Marco Antonio
A Dell foi tão absurda que comprei um XPS Desktop para modelagem 3D e 1 ano depois ele estava quase 2mil reais mais caro, O MESMO.
Marco Antonio
Sai até melhor comprar um console, um desktop e viajar pra experimentar todos os cafés possíveis.
Exibir mais comentários