Início » Computador » Notebooks Acer Predator chegam ao Brasil valendo mais que barras de ouro

Notebooks Acer Predator chegam ao Brasil valendo mais que barras de ouro

A Acer também está trazendo desktops e monitores Predator, todos levando bem a sério o conceito de caro

Por
3 anos atrás
Predator 17

Predator 17

Pelo jeito, a crise econômica que assola o Brasil não atingiu o segmento gamer. Em abril, a Dell relançou os notebooks Alienware por aqui. Agora, a Acer traz ao país laptops, desktops, monitores e acessórios da linha Predator. O público-alvo são os jogadores que fazem questão de máquinas parrudas, é claro, mas que também estão dispostos a gastar muito. Muito mesmo.

Germano Couy, CEO da Acer no Brasil, explica que o país tem atualmente cerca de 45 milhões de jogadores entre assíduos e eventuais. É um mercado realmente grande e com muito potencial a ser explorado: no universo dos PCs, os desktops dominam com folga, mas o interesse pelos laptops para jogos não para de crescer. O problema, como você provavelmente sabe, é a falta de opções.

Notebooks Predator

Laptop gamer topo de linha precisa ter design que abusa de linhas e luzes, certo? Concorde ou não, os notebooks Predator não fogem dessa premissa. Traços agressivos e LEDs não faltam ali. Mas o que importa mesmo é o hardware e, nesse ponto, a linha Predator não decepciona.

Predator 17

No Brasil, a Acer está lançando os modelos Predator 15 e Predator 17. Sim, o número é uma referência ao tamanho da tela. O primeiro tem display de 15,6 polegadas; o segundo, de 17,3 polegadas. Ambos possuem painel IPS e resolução full HD.

Quando há opções de tamanhos diferentes, é comum que o modelo menor tenha hardware um pouco mais fraco, mas não é o caso aqui. Tanto o Predator 15 quanto o Predator 17 contam com processador Intel Core i7 6700HQ (sexta geração) de 2,6 GHz, 16 GB de RAM DDR4, GPU GeForce GTX 980M com 8 GB de memória GDDR5, leitor / gravador de DVD, webcam full HD e bateria de 6.000 mAh.

Ambos os laptops são oferecidos com duas combinações de armazenamento. A primeira, mais barata, tem SSD de 128 GB e HD de 1 TB. A segunda vem com SSD de 256 GB e HD de 2 TB.

O teclado numérico está presente nos dois modelos da linha

O teclado numérico está presente nos dois modelos da linha

Um hardware como esse empolga, mas também levanta suspeitas sobre o risco de superaquecimento. A Acer jura de pés juntos que isso não será problema: a linha Predator possui dois coolers internos que dão conta do recado, mas o usuário tem a opção de adicionar um terceiro no lugar da unidade de DVD — esse módulo adicional acompanha o notebook. Além disso, o sistema de coolers possui uma tecnologia chamada Acer DustDefender que impede o acúmulo excessivo de poeira.

Outros destaques da linha ficam para a inclusão de quatro portas USB 3.0 — uma é compatível com Thunderbolt 3 —, teclado com retroiluminação LED cujas cores mudam dinamicamente para acompanhar os cenários dos jogos, conjunto de dois alto-falantes com subwoofer e teclas de atalho customizáveis à esquerda (característica exclusiva do Predator 17).

Predator 17 - teclado

Monitores Predator

Jogar em um notebook poderoso é legal, mas a experiência costuma ser mais interessante quando você tem uma tela grande à disposição. É por isso que a Acer também decidiu lançar monitores da linha Predator no Brasil.

São dois modelos. O primeiro é o Predator XB1, que tem painel IPS de 27 polegadas, resolução de 2560×1440 pixels, dois alto-falantes, uma porta HDMI, uma porta DisplayPort e quatro portas USB 3.0. Outro atributo relevante é a compatibilidade com o G-Sync, tecnologia da Nvidia que sincroniza a frequência de atualização da tela com a taxa de renderização gerada pela GPU.

Mas o modelo que roubou a minha atenção foi o Predator X34. Trata-se de um monitor com tela IPS de 34 polegadas, resolução de 3440×1440 pixels, dois alto-falantes e a mesma quantidade de portas que a gente encontra no Predator XB1. O G-Sync também está presente.

Predator X34

Predator X34

O grande diferencial do Predator X34 é a tela curvada. Para ser franco, eu nunca me importei com essa característica, mas, durante a apresentação do produto, pude notar que o display curvado dá uma senhora ajuda na imersão. Imagine então se você puder usar três monitores em conjunto:

Monitores X34

Desktop Predator e notebooks Aspire V Nitro

Além dos notebooks, a Acer promete lançar o desktop Predator G1 no Brasil. Só que este demorará uns dois meses para chegar ao mercado (os laptops e os monitores já estão à venda). A companhia ainda não definiu as especificações, mas já adiantou que o equipamento terá processador Intel de sexta geração, até 64 GB de RAM e GPU da linha GeForce GTX (a família Predator só conta com chips gráficos da Nvidia, vale dizer).

Predator G1

Predator G1

O detalhe em vermelho no lado direito é suporte retrátil para headset

O detalhe em vermelho no lado direito é um suporte retrátil para headset

De olho em quem procura um notebook gamer, porém não faz questão de um topo de linha, a Acer anunciou ainda os notebooks da série Aspire V Nitro. Esses modelos estão abaixo da linha Predator, mesmo assim são bastante poderosos: todos contam com processador Intel Core i7 6700HQ de 2,6 GHz, 16 GB de RAM, 128 GB ou 256 GB de SSD, HD com 1 TB ou 2 TB e GPU GeForce GTX 960M com 4 GB de memória GDDR5.

Aspire V Nitro

Aspire V Nitro

Aqui também há duas opções de tamanho: o Aspire V Nitro vem com tela IPS de 15,6 ou 17,3 polegadas.

Disponibilidade e preços

No evento de lançamento, a Acer forneceu vários detalhes sobre os produtos, mas achei curioso o silêncio em relação aos preços. A empresa não escondeu os valores, mas tratou de fazer o máximo possível para não tocar no assunto. Não surpreende: está claro desde o início que esses equipamentos são para poucos bolsos.

A linha Predator tem ainda acessórios como mouse e headset

A linha Predator tem ainda acessórios como mouse e headset

Com exceção do desktop, todos os produtos já estão à venda em grandes varejistas e no site da própria Acer. Neste, os preços são os seguintes:

  • Predator 15 com 128 GB de SSD e HD de 1 TB: R$ 16.899;
  • Predator 15 com 256 GB de SSD e HD de 2 TB: R$ 17.999;
  • Predator 17 com 128 GB de SSD e HD de 1 TB: R$ 17.999;
  • Predator 17 com 256 GB de SSD e HD de 2 TB: R$ 18.999.

Quanto aos monitores, o Predator XB1 custa R$ 5.199. Já o Predator X34 sai por R$ 7.399. Por fim, os preços da linha Aspire V Nitro começam em R$ 9.999 e vão até R$ 13.699. Pois é.

Todos os equipamentos chamaram a minha atenção pelo cuidado com o acabamento, robustez e, claro, desempenho. Tecnicamente, são produtos excelentes. Mas, diante dos preços, acho que vou continuar sendo um gamer meia-boca mesmo.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.