Início » Brasil » Waze planeja lançar serviço de caronas em São Paulo

Waze planeja lançar serviço de caronas em São Paulo

Emerson Alecrim Por

O que você acha de pedir carona com auxílio de uma empresa de mapas em vez de recorrer a apps como Uber e Cabify? Pois saiba que há boas chances de que em breve você possa fazer isso: segundo o WSJ.com, o Waze está se preparando para oferecer esse recurso na América Latina. A cidade de São Paulo deverá ser um dos principais mercados.

Waze Carpool

A função de caronas (carpooling) do Waze começou a ser testada em maio de 2016 em San Francisco. Meses depois, o serviço chegou a Israel. Agora, o plano é levar o serviço a outras cidades dos Estados Unidos e à América Latina. Outras regiões não foram descartadas, mas só devem ser atendidas em fases posteriores.

Ainda que o Waze Carpool, como é chamado, possa fazer frente a empresas como Uber e Cabify, o serviço tem uma proposta diferente. A ideia é permitir que o usuário que estiver indo ao trabalho, por exemplo, possa oferecer caronas para pessoas que vão à mesma região.

É, basicamente, uma forma de aproveitamento remunerado do espaço ocioso do veículo. A pessoa que aceita a carona paga um pequeno valor que pode ser usado pelo motorista para cobrir ao menos parte dos gastos com combustível e manutenção do carro.

Um dos desafios para a implementação desse tipo de serviço é justamente a definição do valor a ser cobrado. Tem que ser vantajoso para todos os lados: se muito caro, o serviço pode não atrair passageiros; se muito barato, pode não ter adesão de motoristas. Nos Estados Unidos, o valor cobrado é de US$ 0,54 por milha, mas o CEO do Waze Noah Bardim já considera aumentar essa tarifa em 15% para que haja mais pessoas dispostas a dar carona.

Em lugares como São Paulo, um serviço como o Waze Carpool faz bastante sentido. Se você parar em qualquer ponto movimentado da cidade por alguns minutos, verá que a quantidade de carros circulando apenas com o condutor é grande. Dá inclusive para imaginar uma iniciativa como essa ajudando a reduzir congestionamentos, pois, teoricamente, mais gente optaria por deixar o carro em casa para pegar carona.

Mas não é tão simples assim. Do ponto de vista técnico, o Waze Carpool pode até funcionar bem, mas será que os motoristas estarão realmente dispostos a aceitar estranhos em seus veículos? De igual forma, haverá gente disposta a aceitar caronas de pessoas que estão apenas compartilhando o carro, não prestando serviço profissional de transporte?

Questões como essas são pertinentes porque o Waze Carpool atua como uma ferramenta de intermediação. Nesse sentido, será difícil obter retorno da empresa caso haja problemas com algum motorista ou passageiro, até porque o Waze não deverá cobrar nenhum tipo de tarifa pela prestação do serviço.

De qualquer forma, espaço para esse tipo de serviço há. O Waze Carpool pode mesmo virar realidade em São Paulo e outras cidades brasileiras, portanto. Mas, por ora, o assunto está sendo tratado com discrição. Ainda não há informação sobre quando e se testes no Brasil irão realmente começar.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego F. Duarte
Tecnicamente existe no mundo "civilizado" inteiro. E é uma otima opcao qdo vc precisa de carona e a grana ta curta, alem do meio ambiente agraceder.
Renan Rufino
Seria legal antes de abrir pra qualquer um, linkar com os amigos e contatos no facebook, telefone e etc. Seria um meio bem legal de ganhar popularidade (e confiança pro usuário).
Pois é , mas como eu disse la em cima, eu acho que é trabalho de mais para um criminoso, ja que eu tive que mandar meu rg, cnh , confirmar isso e aquilo. Pensando que nem um criminoso eu diria que vale mais a pena simplesmente assaltar alguem da forma tradicional, rsrs. E ainda nao são muitos que conhecem o Bla bla car. Acho que pelo menos por enquanto é bem seguro usar.
Carlos Taylor
Sim, concordo plenamente. Caso seja realmente obrigatório todos esses dados que você citou (com exceção das redes sociais), ninguém vai começar o utilizar o serviço com más intenções. Não sei como funciona o sistema de avaliações do app, mas deve ter apenas 3 opções de escolha, pois classificar especificamente pessoas que não estão ali por trabalho profissional não é algo legal de se fazer. Uma nota baixa, média, ou boa já é suficiente..
Henrique Queirós
Agradeço pelo teu ponto de vista
Henrique Queirós
Sim. Eu digo mais por causa da violência que tem aqui em minha cidade, roubar carros e sequestros são bem comuns por aqui... Mas me pondo no lugar de estudantes por exemplo... Ou de eventos, seria ótimo. .. Na verdade, mais uma inovação que acho maravilhosa... Vamos ver na prática. Sobre o Uber, o governo quer "regulamentar" a coisa (obrigando salário e essas coisas), o projeto ta crescendo as escondidas e espero que não vingue. Como diria minha avó: "Se as lâmpadas fossem inventadas no brasil, os fabricantes de velas certamente destruiriam as fábricas."
Nao foi perdida totalmente, mas imagino que esteja quase lá. Eu tambem nao me imaginava dando carona a dois anos atras, mas o $ vale a pena e eu fico feliz em "ajudar" alguem tambem. Mas vai de cada um mesmo...
Henrique Queirós
Me pergunto como... Afinal é um simples sisteminha de carona, muito mais líquido que o uber, eles perderiam essa guerrinha, certeza
Henrique Queirós
Eu não diria que foi perdido. maioria das cidades ainda enfrentam problemas com o mesmo. Sobre o Waze, Eu dificilmente daria carona pra um desconhecido, mas se tem gente que usa e curte, acho que vai ser uma alternativa avassaladora
Acho que nao. A guerra contra o Uber ja foi perdida. O waze é tão forte se nao mais forte ainda...
Aqui nao tenho do que reclamar. Nunca peguei carona, só dei a carona. No maximo de chatisse que tem sao as pessoas que cancelam a carona depois de confirmar, mas pra mim isso nao muda quase nada...
Verdade Edgar, eu tambem tive medo na primeira vez e imagino que a maioria tenha também, mas como disse nunca escutei de uma historia sombria, e as avaliações dos usuários ajudam na escolha. Alem disso tive que mandar foto do meu rg, cnh, e confirmar telefone, Linkedinn, facebook etc. Nada disso impede alguém mal intencionado a fazer alguma coisa com voce, mas eu acho que seria simplesmente trabalho de mais pra alguem mal intecionado... O ideal é alguem pegar carona com quem tem boa avaliação. Isso ja ajuda muito. Se tiver ainda inseguro, pegue uma carona de trajeto curto e conhecido para "testar".
leoleonardo85
Ai eles teriam que bloquear o Waze, entrariam em parafuso ahahah
Antonio Menezes
O Blabla Car é bastante usado na França (fora de Paris). Elogiam bastante e usam mais ele que Uber lá. Source: morei lá por um tempo recentemente e aprendi sobre o app lá. Não sei como ele é no Brasil.
Ricardo - Vaz Lobo
Líquido e certo...
Exibir mais comentários