Início » Internet » Séries da Fox sairão da Netflix a partir de julho

Séries da Fox sairão da Netflix a partir de julho

Emerson Alecrim Por
2 anos e meio atrás

Se você é assinante da Netflix, sabe que é normal filmes e séries saírem do catálogo do serviço de tempos em tempos. Mas, a partir de julho, a debandada vai ser grande: em vídeo publicado nas redes sociais, a Netflix revelou que várias produções da Fox sairão do acervo.

Isso significa que séries como Arquivo X, Bones, How I Met Your Mother, Glee, American Horror Story, Sons of Anarchy, Prison Break, The O.C. e 24 Horas estão dizendo adeus ao serviço (a lista completa não foi informada).

Prison Break

As séries não serão retiradas todas de uma vez, porém. Algumas produções, como Prison Break, saem do catálogo já no dia 1º de julho. Outras ficarão indisponíveis nas semanas ou meses seguintes. É o caso de Arquivo X, que sai só no final do ano.

O motivo para a retirada dessas e outras produções é a decisão da Fox de não renovar os contratos. Sem entrar em detalhes, a Netflix explicou que tentou negociar a renovação, mas não teve sucesso. Por conta disso, não há previsão para que esse conteúdo retorne ao catálogo.

É possível que a Fox tenha pedido um valor alto demais pelo licenciamento, possua contratos de exclusividade com outros serviços, queira priorizar os seus próprios canais, enfim, o motivo não está claro.

De qualquer forma, a Netflix sempre soube do risco de não conseguir renovar acordos de licenciamento. Essa é uma das razões para a companhia ter tomado a decisão de investir cada vez mais em conteúdo próprio.

Você já deve ter notado esse movimento. De 2016 para cá, a quantidade de filmes, documentários e séries que levam a marca Netflix aumentou consideravelmente. E deve aumentar ainda mais: a companhia se comprometeu a entregar mais de mil horas de conteúdo original e exclusivo só em 2017.

Como a Netflix tem presença global (o serviço está disponível em quase todos os países), bater essa meta não é tão difícil: a companhia está produzindo conteúdo em vários países, inclusive no Brasil. O orçamento da empresa para essas produções é de US$ 6 bilhões.

Mais sobre: ,