Processadores ARM estão dentro de smartphones e de uma infinidade de outros dispositivos. Mas já pensou em um chip com tecnologia da marca indo parar dentro da cabeça de uma pessoa, literalmente? Pois saiba que a ARM fechou um acordo com o Centro de Engenharia Neural Sensório-Motor da Universidade de Washington (CSNE, na sigla em inglês) para desenvolver implantes cerebrais.

Soa como aquelas ideias que a gente encontra na ficção científica. Se seguirmos por esse lado, dá para pensar em uma invenção como essa aumentando a capacidade de raciocínio da pessoa ou dando alguma habilidade inumana a ela.

Cérebro

Mas não é nada disso. O objetivo é mais nobre, pelo menos inicialmente. O implante poderia ser usado para que uma pessoa com paraplegia ou tetraplegia consiga controlar um exoesqueleto robótico com o pensamento, por exemplo. De igual forma, um indivíduo que teve um membro amputado poderia dar comandos mentais para fazer uma prótese se mover.

A ideia é complexa, mas a explicação é simples: o chip funcionaria como uma espécie de intérprete de duas vias, sendo capaz de analisar discretíssimos sinais cerebrais para transformá-los em comandos digitais que podem ser interpretados por próteses.

Ao mesmo tempo, o chip permitiria o inverso. Assim, uma prótese que tem uma pele artificial poderia avisar a pessoa que ela está sendo tocada, por exemplo. Além disso, implantes poderiam ajudar pesquisadores a colher informações valiosas sobre o progresso de problemas como doença de Alzheimer e mal de Parkinson.

pele artificial

É algo para o futuro, certamente, mas um futuro não muito distante: já há pesquisas em andamento sobre o uso de implantes cerebrais e até de peles artificiais. Não estamos falando de nada inédito conceitualmente, só falta mesmo a parte viável, digamos assim. É aqui que a parceria da ARM com o CSNE pode fazer diferença.

Há poucos detalhes sobre a iniciativa, mas sabe-se que a ARM já tem alguns protótipos do implante baseados no Cortex-M0, chip de 32 bits e baixíssimo consumo que é considerado o menor processador da marca atualmente.

Com informações: BBC

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tori
hm....mas os humanos ultimamente não estão sendo tão "HUMANOS" quanto você pensa. https://uploads.disquscdn.com/images/6c80c287c66ccd1eaffce72c9b6ee8efc49c18a78ba02f29e0e281aeaddb3b9c.png
draggom
Que comecem as teorias conspiratórias nos comentários abaixo.
CtbaBr©

Logo os humanos não serão mais "tão humanos"!
Nossas futuras guerras serão travadas contra seres parecidos com humanos, criados por humanos, mas não mais humanos!

CtbaBr
Logo os humanos não serão mais "tão humanos"! Nossas futuras guerras serão travadas contra seres parecidos com humanos, criados por humanos, mas não mais humanos!
Sckillfer
Até aí, nervos naturais já bugam... Pelo menos um artificial tu pode deligar e trocar em caso de problema (pesquisa por neuralgia do trigemeo).
@Sckillfer

Até aí, nervos naturais já bugam... Pelo menos um artificial tu pode deligar e trocar em caso de problema (pesquisa por neuralgia do trigemeo).

Lucas Ambrosio
"uma prótese que tem uma pele artificial poderia avisar a pessoa que ela está sendo tocada" Delícia vai ser quando um chip desses bugar e fazer a pessoa sentir dores infernais com o toque de uma pena KAKASKASKASKAS
Guilherme Andrade
Espero que isso não se torne algo como vimos em Black Mirror (S03EP05, mais especificamente) em que os militares aproveitam da tecnologia de implantes e controle dos sentidos para fins questionáveis.
João

Isso é só o começo, implantes que dão poderes inumanos é o que há. Espero que seja ainda na minha geração, hahaha.

Joaomanoel
Isso é só o começo, implantes que dão poderes inumanos é o que há. Espero que seja ainda na minha geração, hahaha.
Kodos Otros
Isso aqui é melhor que o G1z?
HenryS
finalmente, eu quero viver no meu mundinho!
Pedro Cavalieri
*Insira comentário sobre Skynet aqui*