Início » Negócios » Nubank vai usar sua localização para evitar fraudes no cartão de crédito

Nubank vai usar sua localização para evitar fraudes no cartão de crédito

Felipe Ventura Por

O Brasil está em segundo lugar no ranking de fraudes com cartões. O Nubank quer evitar que outras pessoas façam compras em seu nome, e por isso está alterando a política de privacidade para compartilhar sua localização.

Em um e-mail para os clientes, o Nubank explica que vai prevenir fraudes usando a geolocalização do seu smartphone. Basicamente, isso detecta se você está no mesmo lugar em que seu cartão está sendo utilizado.

É algo útil para liberar (ou barrar) compras de alto valor, e já é utilizado por grandes bandeiras de cartão, como a Visa. A Mastercard explicou em 2014 que conseguia evitar bastante atividade fraudulenta apenas reconhecendo a localização geral do titular do cartão.

A política de privacidade do Nubank agora inclui a frase "dados de geolocalização que não permitam identificar o cliente individualmente podem ser compartilhados com eventuais provedores desse serviço". Fora isso, o texto não sofreu grandes mudanças; você pode conferir a versão antiga dessa política aqui.

No e-mail, o Nubank explica que "poderemos a qualquer momento coletar dados do seu histórico de localização, e com isso enriquecer os seus dados, tornar suas compras mais seguras, e também conhecer melhor o seu perfil de uso para ajustar o seu limite no futuro".

A localização será útil para "melhorar as informações que você recebe sobre as suas compras"; e Cristina Junqueira, co-fundadora do Nubank, deu mais detalhes sobre isso no evento sobre o programa de pontos Rewards. Seu cartão identifica automaticamente a categoria de cada despesa, como "viagem", "transporte" e "restaurante". Sabendo onde cada compra foi feita, o app poderá evitar erros nesse processo.

O Nubank diz que, caso você não queira fornecer sua localização, pode alterar isso "diretamente no seu celular" — não no app, mas no sistema.

No Android 6.0 Marshmallow ou superior, vá em Configurar > Aplicativos > Nubank > Permissões e desative a opção "Localização". No iOS, siga o caminho Ajustes > Privacidade > Localização e desative-a para o Nubank.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Andre Kittler
O correto seria mesmo fazer algo mais geografico - se eu estou em porto alegre, toda cidade e região metropolitana sou potencialmente eu, e o resto é fraude. Talvez seja mesmo assim. Mas na forma que foi passada a noticia... na duvida, sem geo location para eles. Nunca desativei isso para ninguém - não sou paranoico de privacidade - mas como está escrito isso pode facilmente mais me atrapalhar que ajudar.
John Smith
Acho que não vai ser algo tão rígido assim. E se você sai e deixa o celular em casa?
Andre Kittler
Próxima vez que eu falar para a minha esposa "Seguinte, leva e coloca no cartão, OK?" é melhor lembrar de dar meu celular junto.... ou simplesmente desativar essa função. Desativada. Tomara que funcione.
Julio
bom... vou ter que carregar meu tablet comigo... o aplicativo ta nele... (celular velho... kkkk)
Matheus Dias
Creio que foi pensado nas compras físicas, hoje é muito difícil cancelar uma compra física feita com a digitação de senha, esse recurso pode ajudar inclusive o cliente que, em teoria, poderia provar que não estava lá. Nas compras online a responsabilidade de garantir a autenticidade dos dados é da loja virtual, se o cliente abrir uma reclamação por não reconhecer a compra e a loja não provar de forma categórica que foi realmente aquela pessoa que fez a compra, ela fica no prejuízo.
PPKX XD ?????????
As compras online caem em outra categoria, tenho um cartão da Caixa e preciso liberar explicitamente compras online em qquer país e compras presenciais em países pra onde vou viajar, tem como eles distinguirem isso.
Luan Rabelo
Como eles verificarão compras online feitas no Brasil ou de outros países, sendo que, no meu caso eu nunca estive na China ou tampouco em alguns estados no qual faço algumas compras via Mercado Livre. Acho que mesmo assim haverá brechas nesse sistema, que precisa melhorar muito ainda para que não haja mais fraudes.