Início » Computador » Dell Inspiron 15 Gaming: mais robusto ainda

Dell Inspiron 15 Gaming: mais robusto ainda

Mais grosso e pesado, o notebook continua com seus devidos diferenciais

Por
24/11/2017 às 17h57
8.9

Prós

  • Bom acabamento e design bonito
  • GTX 1050 Ti traz ótimo desempenho
  • Bateria com boa duração
  • Tem uma versão com SSD de fábrica
  • Esses alto-falantes são incríveis!

Contras

  • Pesado e difícil de carregar

Depois de trazer a marca Alienware de volta ao Brasil no ano passado, a Dell continua investindo em seus notebooks gamers menos caros. O portátil da vez é o Inspiron 15 Gaming, que foi atualizado em abril e vem com uma GTX 1050 (ou GTX 1050 Ti) e algumas novidades no design.

Começando em R$ 4.999, será que o Inspiron 15 Gaming continua valendo a pena frente a novos concorrentes, como o Samsung Odyssey? Te conto nos próximos parágrafos.

Design e acabamento

O belo visual do modelo do ano passado é mantido nessa versão. O Inspiron 15 Gaming continua com um acabamento preto fosco e detalhes em vermelho, que trazem um visual discreto e bonito. Quem tem fobia de marcas de dedo ainda precisará limpá-lo frequentemente, porém: a carcaça fosca do notebook suja fácil e as digitais ficam bem visíveis.

Isso porque eu tinha acabado de passar o pano para tirar as fotos.

As pequenas mudanças no design fizeram o Inspiron 15 Gaming ganhar alguns gramas. A mesma tela de 15 polegadas que já o deixava grande, agora fica em um notebook menor em área, porém mais grosso e mais pesado — algo que é notável no dia a dia.

Até existem alguns notebooks gamers mais finos, como o Avell G1540 Lite, mas esse definitivamente não é o caso no Inspiron 15 Gaming. A fonte e o notebook são um grande trambolho para carregar, mais ainda do que a geração anterior.

O notebook ainda inclui três portas USB 3.0, uma entrada HDMI, para fones de ouvido, Ethernet e leitor de cartões SD.

Tela e hardware

A tela de 15,6 polegadas tem resolução de 1920×1080 pixels, com uma camada antirreflexiva que cumpre muito bem o seu papel: aliada ao brilho alto e ótima saturação, é fácil enxergar muito bem o display em qualquer ambiente.

Na geração anterior, eu havia reclamado que o clique do touchpad era duro; nesta versão senti que está levemente mais suave. O teclado continua com ótimo acabamento e agora tem retroiluminação vermelha, no lugar da branca; achei que combinou melhor com o conjunto do notebook.

O sistema reforçado de coolers também manda bem: não senti o Inspiron esquentar demais nem enquanto estava jogando, algo importante para quem pretende usá-lo fora da mesa.

No hardware externo, acho que o maior diferencial do Inspiron 15 Gaming continua sendo o alto-falante. Ele ainda ocupa um grande espaço horizontal no chassi, mas agora fica na frente do notebook, virado para você.

Senti que a qualidade está (ainda) melhor e o volume mais poderoso; com 20% eu já achava alto — e o som não estoura nada em 100%. Seja assistindo séries ou jogando, a experiência é bem imersiva, o que é um belo ponto positivo para um notebook da categoria.

Desempenho

O Inspiron Gaming tem configurações variadas no Brasil: a mais barata vem com Ubuntu (!) e uma GTX 1050 — não considero essa ao falar o preço inicial. Depois, todos os modelos têm GTX 1050 Ti e um i5-7300HQ ou i7-7700HQ, com 8 GB e 16 GB de memória RAM, HD de 1 TB de 5.400 RPM e SSD de 128 GB ou 256 GB como opcional — minhas preces foram ouvidas.

O modelo que avaliamos não veio com SSD, mas a boa notícia é que existe um cache de 8 GB em flash em todas as unidades com 1 TB de HD para melhorar o desempenho. Funcionou: não tive aquele problema chato de até os aplicativos do sistema demorarem para carregar. Jogos, por outro lado, ficavam um tempo considerável na loading screen.

Bom, ao que interessa: e o desempenho nos games? Não tenho nada a reclamar. Como expliquei no review do Samsung Odyssey, a GTX 1050 tem desempenho muito diferente em relação a GTX 1060 — e a GTX 1050 Ti, presente no Inspiron que testamos, é um meio-termo entre ambas. Veja os testes na prática em jogos de diferentes categorias:

  • Battlefield 1 — por padrão, o jogo rodou com a configuração máxima, em ultra. A média ficou com 55 fps, com poucas quedas ocasionais para menos de 50 fps por conta de explosões, mas nada que tenha atrapalhado muito a experiência do jogo;
  • GTA V — ficou entre 50 a 60 fps, nas configurações alta ou muito alta. Por padrão, o jogo deixou o filtro anisotrópico em 16x, o que também consome muito poder de processamento. Dá para desativá-lo e colocar todo o resto no máximo, em muito alto e ultra, e ter uma média entre 40 e 50 fps;
  • Dishonored 2 — foi o jogo mais tranquilo de rodar, com média de 60 fps nas configurações máximas e pouquíssimos engasgos, mesmo em explosões;

Para finalizar, rodei benchmarks no 3DMark para ver a pontuação do Inspiron frente aos outros notebooks testados aqui. Ele pontuou 2.480 e recebeu uma média de 15,5 fps no primeiro teste, enquanto o Odyssey, da Samsung, recebeu 1.752 pontos e teve média de 10,5 fps. O Avell G1540 Lite (GTX 1060) continua acima dos dois, com 3.498 pontos e média de 22,8 fps.

Bateria

Notebooks gamers não têm a melhor reputação com relação à bateria, mas o Inspiron aguentou bem. Cheguei a usá-lo por 6 horas fora da tomada, sem jogar, mas usando Spotify, Telegram, Slack e com várias abas no Chrome. Jogos devem reduzir bem essa autonomia, mas ainda é de quebrar um galho.

Conclusão

Definitivamente, o Inspiron continua robusto, em todos os sentidos. O desempenho está muito melhor, a bateria dura mais e ele ficou mais grosso e mais pesado, o que é bem perceptível no dia a dia. Este é o único ponto negativo do notebook, porém.

De resto, ele traz a GTX 1050 Ti pelo mesmo preço que outros concorrentes, como o Samsung Odyssey, trazem a GTX 1050, significativamente pior no desempenho em jogos. O cache em flash do Inspiron também ajuda a usar o modelo com HD sem muitos engasgos (mas eu ainda recomendaria um modelo com SSD).

No momento em que escrevo este review, o Inspiron 15 Gaming está em promoção no site da Dell, e uma versão com Intel Core i7, 16 GB de RAM, SSD de 128 GB com 1 TB de HD e GTX 1050 Ti sai por R$ 5.159, um ótimo preço para o conjunto. Fique de olho em outras promoções para encontrá-lo por um preço bom.

No final, a resposta é: sim, a Dell conseguiu fazer um sucessor ainda melhor para o Inspiron 15 Gaming da geração anterior. Ainda com novos concorrentes, ele continua se sustentando na categoria, com ainda mais diferenciais.

Como comprar com desconto?

testador-cupons-checando

Você pode utilizar a nova extensão do Tecnoblog para economizar alguns caraminguás na hora de trocar de aparelho. Ela tem um módulo Testador de Cupons que busca e aplica o maior desconto disponível na internet no seu carrinho de compras. É tudo automático, então qualquer um consegue utilizar, e é completamente grátis!

ta-caro

Outro recurso muito legal é histórico de preços. Quando você acessar a página de um smartphone, por ex, a gente já consegue te dizer se ele está com um preço legal. Esse recurso te ajuda a não cair em nenhuma "promoção", dessas que oferecem tudo pela "metade do dobro". Tenho certeza que vai ser muito útil em datas especiais, como na Black Friday.

Curtiu? Então clique aqui para instalar. ;)

Especificações técnicas

  • Armazenamento: 1 TB (5.400 RPM), SSD de 128 GB ou 256 GB;
  • Bateria: 6 células (74 Wh);
  • Conectividade: Dell Wireless 802.11ac + Bluetooth 4.0, banda dupla (2,4 GHz/5 GHz, 2×2);
  • Dimensões: 250 x 384 x 27,4 mm;
  • Memória RAM: 8 GB a 16 GB DDR4 de 2.400 MHz;
  • Peso: 2,62 kg;
  • Placa de vídeo:
    • Nvidia GeForce GTX 1050 com GDDR5 de 4 GB;
    • Nvidia GeForce GTX 1050Ti com GDDR5 de 4 GB;
  • Processador:
    • Intel Core i5-7300HQ quad-core de 2,5 GHz a 3,5 GHz e cache de 6 MB;
    • Intel Core i7-7700HQ quad-core de 2,8 GHz a 3,8 GHz e cache de 6 MB;
  • Teclado: retroiluminado em vermelho (padrão americano);
  • Tela: IPS retroiluminada de 15,6 polegadas com antirreflexo;
  • Resolução: 1920×1080 pixels;
  • Sistema: Windows 10 Home Single Language (64-bits);
  • (» Mais informações)

Notas Individuais

Design
9
Tela
9
Teclado
9
Touchpad
8
Desempenho
9
Bateria
9
Software
9
  • ©yßë® V¡¢¡öµ§

    Espero que a Dell esteja oferecendo baterias melhores e placas mãe mais confiáveis.

  • Marcos Guilherme

    Esses fps são um sonho de qualquer jogador.

  • Bernardo Rosenfeld M.

    Dell infelizmente é mais preço que utilitário de fato para gamer. Os notes casuais e baratos valem a pena, agora esses prefiro encarar outras marcas.

  • Carlos Taylor

    Antes de terminar de ler, vim aqui comentar que gosto dos reviews (especialmente do Higa) em vídeo, e estou lendo lembrando dessa voz espetacularmente tranquilizadora e simpática rsrs.

    • Arthur Dantas

      Esse review foi do Jean Prado! rs

      • Carlos Taylor

        Quando eu tava lendo posso te jurar que tinha o Paulo Higa ali kk

  • Lembrando que esse note está com uma boa promoção de Back Friday da Dell http://www.dell.com/br/p/inspiron-15-7567-laptop/pd?&7567w10he185511brm/pd?&7567w10he185511brm

    • Peguei um na configuração de i7-7700HQ, SSD 256 GB, HD 1 TB e GTX 1050Ti por R$ 4.908 com cupom (e parcelava esse valor em 12x no site), estou ansioso aguardando chegar, a máquina promete muito por esse review.

      • Peguei o VX5 por R$ 3.509 no Walmart.

        Perde só no SSD e tela (vou usar monitor).

        Até que a black friday rendeu bem!

    • Cortana ✔

      Muito bom esse preço, depois instala o Windows pirata, e viva o Brasil!

  • Islan Oliveira

    Sei que tem as opções de SSD, mas custava colocar um HD com mais de 5400 RPM? Principalmente levando-se em conta o nicho de mercado do produto.

    • Tom

      Se a Dell fosse fabricante de SSD diria que foi de propósito mesmo.

  • Arthur Dantas

    TEM o Lenovo Y720! com a 1060!!!! S2

  • Sidney Piesco

    O peso está como contra. Mas esses aparelhos foram projetados para ficarem sobre uma mesa. Não são verdadeiramente portáteis. Quer algo portátil pega um ultrabook.

  • Guilherme Goncalves

    Esse Dell em comparação com o dá Lenovo, Acer e Samsung (versões gamers com quase a mesma configuração), qual se sai melhor em preço e qualidade?

    • O VX5 (Acer) peca só no SSD, mas ganha e preço com esse DELL (em média R$ 800 de diferença);

      O Odyssey tem placa 1050, SEM SSD e isso pra mim é o suficiente;

      O Dell tem tela melhor (IPS), SSD e autonomia de bateria maior, porém a versão c/ 16Gb de ram custa um rim inteiro e um pedaço do fígado.

      Eu fui de VX5!

  • Arthur V.*

    E parece que só a Lenovo e a Avell que têm laptops gamers com teclado ABNT2…

  • romer

    Esse notebook é show demais. Porém o Ssd que a Dell colocou não é muito bom. Enquanto a maioria dos SSDs do mercado tem na faixa de 500Mbps para leitura e escrita, o Ssd que a Dell colocou tem 500 Mbps de leitura e mais ou menos 200Mbps de escrita. Talvez tenham feito isso para economizar. Mas não custa muito colocar um Ssd melhor numa máquina tão cara.

    • Thiago Lopes

      Ou seja, padrão Dell.

    • Gustavo Rotondo

      sabe se os evos da samsung (850) são bem melhores?

    • Samael Vinícius

      Então compensa mais comprar a versão com HD e comprar o SSD a parte né?

      • Marco Antonio

        Fiz isso!! Estou esperando chegar e ja tenho um ssd120… se eu julgar que valha a pena eu troco, caso seja bom então não kkk o swap não vai ser, mas né

      • romer

        Exatamente. Compensa mais mesmo.

  • Elon Thiem

    Por coincidência estou esta semana em Los Angeles e tem aqui o verdadeiro Black Friday. Comprei este mesmo
    Dell mas com HD SSD 256 por incríveis U$ 699.00 diante dos R$ 5.000 do site da Dell. Fica difícil fazer uma comparação, mas sabemos que não são apenas impostos, tem muita safadeza dos fabricantes.

  • Adriano Morgon

    Será que a Dell finalmente aprendeu a fazer algo que não esquenta? Tive um Dell 15r e ele queimou duas vezes em 4 anos.

  • Tiago Medeiros

    Particularmente eu penso que notebook e gamer são duas palavras que não combinam. Gosto é gosto e cada um faz o que quiser com seu dinheiro, mas eu não pagaria R$5000 em um computador com uma tela de 15″ e uma 1050ti(sem falar que jogar usando o touchpad é uma besta)nem que eu estivesse cagando dinheiro.

    • Djalma

      e quem é que joga com touchpad? Entrada USB e bluetooth estão ai pra que? 😐

      • Pois é. Coisa mais fácil é desativar o touchpad e usar um bom mouse USB. Esses pseudos entendedores que passam pela seção de comentários me assustam.

  • Thiago Lopes

    A Dell podia criar vergonha na cara e parar de enviar PC caríssimo com HDD 5400 rpm, não tem a decência nem de colocar um 7200rpm…

    • Economizar no HD não é um crime tão grava quanto economizar na placa de Rede.

      Vários modelos de laptops tme apenas placa de rede 10/100 – lastimável.

    • O fantástico senhor raposo

      Acho desnecessario, nao vai fazer tanta diferenca

      • Sudestino

        what????

  • Rodolpho Camargo

    Gente, esses designers gamer têm que ser sempre feios assim? 🙁

  • André Ferreira

    Não acho tão pesado

  • Caio César

    Notebooks da Dell são robustos vale a pena comprar.

    • Josué Junior

      O meu “Vovô” é um Core i7 de 2ª Geração com 6GB de RAM e ainda dá um belo caldo!