Dell

Sobre

Dell é uma das maiores fabricantes de PCs do mundo; em 2012 ocupava a terceira posição, atrás de HP e Lenovo. Carrega o sobrenome de seu fundador, Michael Dell. Foi fundada em novembro de 1984 e hoje emprega mais de 100 mil funcionários em todo o mundo. Também produz servidores, softwares, periféricos para PCs, câmeras, impressoras e outros gadgets. Foi muito criticada na década de 1990 por utilizar conectores proprietários em placas mãe, forçando clientes a comprar peças para upgrade em lojas próprias da Dell.

Vendas de PCs no mundo crescem pela primeira vez em seis anos

13/07 às 11h38 por

Depois de seis anos, as vendas de PCs voltaram a apresentar algum fôlego. A informação das empresas de pesquisa de mercado IDC e Gartner. Apesar de indicarem números diferentes, ambas confirmam o crescimento da categoria no segundo trimestre de 2018. Segundo a IDC, as vendas de computadores cresceram 2,7% no período. Já a Gartner afirma que a alta foi de 1,4%. A diferença se deve aos diferentes métodos usados pelas empresas para avaliar as vendas de PCs.Em seu levantamento, a IDC considera os Chromebooks e exclui os tablets com Windows, como o

Dell lança notebook com Intel Optane Memory para aumentar o desempenho

11/07 às 13h14 por

A Dell está lançando no Brasil o notebook Inspiron 15 5570 com Intel Optane Memory, que funciona como memória de cache para o HD. Essa tecnologia pode ser até 40 vezes mais rápida que um SSD tradicional sob carga pesada. Este é o primeiro notebook do mercado brasileiro com Optane Memory, que promete reduzir o tempo de inicialização do Windows 10, além de abrir e rodar jogos mais rápido. Ele tem interface PCI Express 3.0 e usa a

O engenhoso plano da Dell para voltar à bolsa de valores e reduzir dívidas

03/07 às 14h38 por

Cincos anos se passaram desde que a Dell decidiu fechar o seu capital, mas, em breve, tudo pode mudar: nesta semana, a companhia confirmou o plano de voltar a negociar as suas ações na bolsa. O processo não vai ser feito por meio de uma oferta inicial de ações (IPO), porém. Atualmente, 72% das ações da Dell estão nas mãos de Michael Dell, fundador e líder da companhia. Outra parte significativa, de 24%, pertence à Silver Lake, uma empresa de private equity, ou seja, que investe

Dell XPS 13 (2018): quando o ótimo se torna excelente

31/05 às 15h00 por

A linha XPS 13 da Dell recebeu sua maior atualização dos últimos três anos: antes, o notebook que eu defini como o "MacBook" que roda Windows só era atualizado uma vez ou outra no processador. Dessa vez, o design melhorou em diversos pontos, as bordas mínimas ficaram ainda menores, o notebook ficou mais fino e leve e

As melhores (e piores) marcas de notebooks

30/04 às 15h34 por

Todo ano, o Laptop Mag publica um ranking das melhores fabricantes de notebooks, levando em consideração aspectos como avaliações técnicas, suporte, garantia e custo-benefício. A edição de 2018 mostra que a Lenovo se saiu melhor pelo segundo ano consecutivo, enquanto a Apple, que perdeu a liderança no ano passado, continua despencando. Algumas marcas se saíram melhores que outras em certos quesitos.

Dell lança novos notebooks Inspiron no Brasil a partir de R$ 3.700

21/02 às 14h17 por

A Dell tem modelos interessantes de notebook na linha Inspiron — nós fizemos review de alguns, inclusive! Eles receberam processadores Intel Core da 8ª geração, chips gráficos dedicados, entre outros; confira os detalhes a seguir. Vamos começar pelo Inspiron 7000. Ele está disponível em 14 polegadas e 15,6 polegadas; ambas as opções usam painel IPS com resolução Full-HD (1920 x 1080) e têm bordas inferiores a 5 mm.Por dentro, temos um processador Intel Core i5 (825

Dell XPS 15 2 em 1 tem processador da Intel com GPU integrada da AMD

09/01 às 17h28 por

A Intel confirmou a improvável parceria com a AMD e lançou os primeiros chips Core de oitava geração com gráficos Radeon RX Vega. Um dos notebooks a trazerem a novidade é o Dell XPS 15 2 em 1, um ultrafino que possui tela sensível ao toque, bateria de até 15 horas e preço alto. O Dell XPS 15 2 em 1 se parece com o XPS 13, tendo uma tela quase sem bordas (que a empresa chama de “tela infinita”) e uma webcam mal posicionada na parte inferior. Mas ele traz alguns detalhes diferentes, como um teclado com mecanismo ma

Novo Dell XPS 13 traz tela 4K e está ainda mais fino

04/01 às 12h05 por

Uma das novidades que a Dell vai expor na CES 2018 é a nova versão do ultrafino XPS 13, um dos mais requintados laptops da marca. A atualização traz a oitava geração de processadores Intel Core, como esperado. Mas o modelo também chama atenção por ter agora tela 4K como opção e estar ainda mais fino. O portátil pode ser equ

Alienware 15 (2017): maior e mais brilhante

02/01 às 17h20 por

Em 2016, a Dell trouxe de volta a marca Alienware ao Brasil, depois de um hiato de quatro anos. Depois, em maio de 2017, os notebooks Alienware 15 e 17 ganharam novas versões aqui no país, com leve atualização no design, processador de sétima geração e placas de vídeo Nvidia da série GTX 10.

Dell Inspiron 15 Gaming: mais robusto ainda

24/11/2017 às 17h57 por

Depois de trazer a marca Alienware de volta ao Brasil no ano passado, a Dell continua investindo em seus notebooks gamers menos caros. O portátil da vez é o Inspiron 15 Gaming, que foi atualizado em abril e vem com uma GTX 1050 (ou GTX 1050 Ti) e algumas novidades no design. Começando em R$ 4.999, será que o Inspiron 15 Gaming continua valendo a pena frente a novos concorrentes, como o 

Dell Inspiron 15 5000 2 em 1: um ótimo intermediário

09/10/2017 às 20h30 por

Existem várias opções para quem quer comprar um notebook intermediário – ainda mais na categoria 2 em 1. O Inspiron 15 5000 é uma delas: a tela touch de 15,6 plegadas vira completamente para deixar o notebook na posição que você preferir. De quebra, ele tem 8 GB de RAM e modelos com i5 e i7 da 7ª geração, começando em R$ 3.400. Vale a pena? Segura que eu te conto. Design e acabamento O

Dell lança desktop para gamers que custa a partir de R$ 2.999

05/09/2017 às 14h49 por

Eu nunca fui fã de laptops gamers por causa do design chamativo demais. No entanto, sempre tive notebooks com chip gráfico dedicado para jogar de vez em quando. Depois de vários anos, eu cogitei montar um desktop e levar esse hobby mais a sério. Ainda estou para tocar essa empreitada, e não estou sozinho nessa: as fabricantes de PCs perceberam que, com a ascensão dos e-sports, mais pessoas querem computadores para jogar.

Carregar mais posts